Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise proteômica em fluidos corporais e tecidos moles em ratos submetidos a tratamento com flúor

Processo: 06/00492-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2006
Vigência (Término): 31 de março de 2007
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Pesquisador responsável:Marília Afonso Rabelo Buzalaf
Beneficiário:Aline de Lima Leite
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/02744-0 - Análise proteômica em fluidos corporais e tecidos moles em ratos submetidos a tratamento com flúor, AP.R
Assunto(s):Proteômica   Bioquímica   Expressão de proteínas   Flúor   Soro   Rim   Urina   Modelos animais

Resumo

O recente desenvolvimento de técnicas proteômicas tem permitido a análise do perfil proteico completo dos sistemas biológicos, permitindo um melhor entendimento da fisiologia normal do organismo, bem como dos mecanismos de doenças, descoberta de biomarcadores para detecção precoce de doenças, identificação de novas terapias e descobertas de fármacos. Este estudo usará técnicas proteômicas para analisar a expressão protéica diferencial em tecido renal e soro de ratos submetidos a doses excessivas de flúor, aguda ou cronicamente. No primeiro subprojeto serão utilizados 3 grupos contendo 5 ratos Wistar de 75 dias, os quais receberão por via gástrica as seguintes doses agudas de F: 0 (controle), 50 e 100 mg F/Kg peso corporal. No segundo subprojeto os ratos serão divididos em três grupos de 5 animais cada e receberão, desde o desmame, durante 60 dias, água com 0 (controle), 5 ou 50 ppm F. Após estes tratamentos os animais serão mortos, sendo coletados os rins (córtex e medula serão separados) e o soro. Será feita análise de flúor no soro e tecidos renais com o eletrodo, após difusão facilitada por hexamethyldisiloxano. Após a preparação das proteínas dos rins e da urina dos ratos, as mesmas, bem como o plasma dos animais, serão submetidos à eletroforese bidimensional. Os géis dos grupos controle e tratados serão escaneados utilizando-se o ImageScanner e analisados com o software ImageMaster Platinum. Os spots de interesse serão então excisados e analisados por espectrometria de massa (MALDI-TOF) para identificação das proteínas. Em adição, o efeito do F na atividade das proteínas fosfatases das células renais e a determinação das proteínas fosforiladas em resíduos de tirosina serão realizados através de Western Blotting.