Busca avançada
Ano de início
Entree

Divulgação científica das pesquisas realizadas pelo Centro de Estudos de Arqueologia Náutica e Subaquática (CEANS/NEPAM/UNICAMP): “Arqueologia subaquática amazônica: prospecção de sítios com gravura rupestre no Baixo Rio Trombetas e Lagos”

Processo: 06/57347-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Jornalismo Científico
Vigência (Início): 01 de novembro de 2006
Vigência (Término): 31 de outubro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação
Pesquisador responsável:Pedro Paulo Abreu Funari
Beneficiário:Glória Maria Vagioni Tega-Calippo
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Coordenadoria de Centros e Núcleos Disciplinares (COCEN). Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais (NEPAM), Brasil  
Assunto(s):Jornalismo científico   Arqueologia   Divulgação científica   Arqueologia subaquática   Amazônia

Resumo

A presente proposta tem como objetivo divulgar as pesquisas realizadas pelo Centro de Estudos de Arqueologia Náutica e Subaquática do Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais da Universidade Estadual de Campinas (CEANS/NEPAM/UNICAMP) e, de uma maneira mais ampla, divulgar a Arqueologia Subaquática científica para a os meios de comunicação para que esses sejam o meio para aproximar esta ciência do público leigo, sensibilizando-o para a importância e a preservação do Patrimônio Cultural Subaquático brasileiro. Isso porque no Brasil as pessoas ainda desconhecem valor cultural dos bens submersos e tratam a sua exploração comercial em benefício de poucos e em detrimento aos interesses da maioria com normalidade. Assim, através dos pesquisadores do CEANS/NEPAM/UNICAMP será feito um levantamento dos pressupostos e resultados das pesquisas realizadas, bem como os problemas conceituais constatados por eles que os meios de comunicação tem em relação à Arqueologia. Subaquática. Após esse diagnóstico, será realizada a divulgação dessa ciência e das pesquisas desenvolvidas, em forma de entrevistas, notícias, reportagens e outros meios de divulgação jornalísticos que serão publicados em diversos sites. Além disso, será realizado um trabalho de assessoria de imprensa que contemplará a produção de releases e a distribuição para jornais, revistas, estações de rádio e televisão. (AU)