Busca avançada
Ano de início
Entree

Otimização do uso de energia solar para tratamento de efluentes: fotocatálise heterogênea eletro assistida utilizando eletrodos nanocristalinos de TiO2 e células solares

Processo: 06/06153-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2007
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2009
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Claudia Longo
Beneficiário:Alana Gonçalves Fernandes
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/56244-9 - Otimização do uso de energia solar para tratamento de efluentes: fotocatálise heterogênea eletro-assistida utilizando eletrodos nanocristalinos de TiO2 e células solares, AP.R
Assunto(s):Tratamento de águas residuárias   Fotoeletroquímica   Fotocatálise heterogênea   Células solares   Dióxido de titânio   Materiais nanocristalinos

Resumo

A bolsa solicitada para capacitação técnica visa oferecer a oportunidade de aperfeiçoamento a uma técnica de laboratório de nível médio através de um programa de atividades que serão de grande importância para dar apoio à pesquisa desenvolvida no projeto em andamento, processo 05/56 244-9 (resumo em anexo).O projeto de pesquisa visa investigar um novo sistema para tratamento de águas residuais utilizando eletrodos porosos de TiO2 nanocristalino para degradar poluentes orgânicos por fotocatálise heterogênea eletro-assisitida, em um sistema no qual os fotoeletrodos de TiO2 serão conectados a células solares de TiO2/corante. 1. O programa das atividades especificamente relacionadas ao projeto que serão atribuídas à técnica de laboratório consiste em: 1.1. Preparação de suspensões de partículas nanocristalinas de TiO2. 1.2. Preparação dos eletrodos porosos de TiO2. 1.3. Preparação das soluções que serão utilizadas para montagem das células solares e nos experimentos de fotocatálise heterogênea. 1.4. Montagem de uma linha de vácuo no novo laboratório2. O programa de atividades rotineiras de um laboratório de pesquisa que também serão designadas à técnica consiste em: 2.1. Controle e manutenção do material de consumo (material de limpeza, reagentes, água destilada) e material permanente do laboratório. 2.2. Controle e encaminhamento de equipamentos para serviços de manutenção nas oficinas da Universidade. 2.3. Organização de armários de reagentes. 2.4. Descarte de resíduos e manutenção dos equipamentos de proteção individual. 2.5. A técnica deverá também participar de todas as atividades comuns do Laboratório, incluindo as reuniões de grupo quinzenais, nas quais são apresentados seminários para discussão do andamento dos trabalhos. Poderá, ainda, assistir a cursos de treinamento dentro ou fora do Instituto de Química. 2.6. A técnica utilizará os computadores do laboratório para elaborar seus relatórios, desenvolvendo seus conhecimentos em programas e aplicativos. (AU)