Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação do efeito de peptídeos intracelulares na proliferação e morte celular

Processo: 08/01452-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2008
Vigência (Término): 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Emer Suavinho Ferro
Beneficiário:Carla Renata Moreira
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/04933-2 - Biologia celular molecular de oligopeptidases, AP.TEM
Assunto(s):Biologia celular

Resumo

A especificidade e robustez do controle do ciclo celular são garantidas por um equilíbrio fino entre múltiplas reações sinérgicas e antagônicas, cuja organização é obscura. As proteínas em células vivas estão continuamente sendo renovadas, pois, estão envolvidas em processos chaves como regulação da divisão celular, expressão gênica, morte celular, entre outros. Acredita-se que essas funções complexas são reguladas em módulos ou sub-redes onde as proteínas interagem formando redes maiores, e cuja arquitetura completa é desconhecida. Nosso laboratório vem sugerindo, a partir disto, que os peptídeos derivados da degradação protéica pelo sistema proteolítico ubiquitina-proteassoma, possam alterar interações protéicas específicas e com isso as cascatas de sinalização celular a partir do meio intracelular.Em nosso projeto propomos determinar: a composição peptídica (peptidoma) de células HEK293 H em diferentes estágios do ciclo celular, através de técnicas de espectrometria de massa, para assim relacionarmos com os processos de proliferação e morte celular. Assim, pretendemos iniciar a investigação sobre o possível papel dos peptídeos intracelulares nos processos de divisão e morte celular.