Busca avançada
Ano de início
Entree

Fluxo de pólen e isolamento genético de população Coapifera langsdorfii Desf. (Leguminosae - Caesalpinoideae) em fragmento localizado em área urbana

Processo: 08/01677-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Alexandre Magno Sebbenn
Beneficiário:Ana Paula Silva Campos Gaino
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/61143-0 - Fluxo de pólen e isolamento genético de população Copaifera langsdorffii Desf. (Leguminosae - Caesalpinoideae) em fragmento localizado em área urbana, AP.R
Assunto(s):Genética populacional   Biologia molecular   Marcador molecular

Resumo

As florestas tropicais da região sudeste brasileira encontram-se altamente fragmentadas, o que tem levado ao isolamento de muitas populações de espécies arbóreas. A conservação de populações in situ de tais espécies é fundamental para a manutenção desses ecossistemas, que abrigam os últimos exemplares de muitas espécies da rica fauna e flora brasileira. Estudos do sistema de reprodução, distância de fluxo de pólen, distribuição espacial de genótipos, dinâmica da endogamia entre gerações e isolamento de populações de espécies arbóreas tropicais são de fundamental importância entender os efeitos da fragmentação sobre a genética de populações de tais espécies e permitem o delineamento de estratégias efetivas para a conservação in situ, amostragem de germoplasma para a conservação ex situ e para a coleta de sementes para a recuperação ambiental. Contudo, não existe atualmente nenhum estudo com tal abrangência nas florestas tropicais de ocorrência no sudeste brasileiro. Dentro desse contexto, os objetivos deste projeto são estudar por marcadores moleculares microssatélites o sistema de reprodução, à distância de fluxo de pólen, a distribuição espacial de genótipos, a dinâmica da endogamia entre gerações e o grau de isolamento de uma população de Copaifera langsdorffii Desf. localizada em um pequeno fragmento (4,8 ha) dentro do município de São José do Rio Preto, norte do estado de São Paulo. Para tanto, pretende-se mapear e analisar todas as 69 árvores adultas ali existentes, aproximadamente 80 plântulas da regeneração e coletar 400 sementes em pelo menos quatro árvores (100/árvore) localizadas na área central do Bosque. Para as análises genéticas serão usados oito locos microssatélites desenvolvidos para C. langsdorffii. As análises do sistema de reprodução serão realizadas com base no modelo misto de reprodução, modelo de cruzamentos correlacionados e utilizando análise de paternidade. Os modelos mistos e de cruzamento correlacionados fornecerão as estimativas da taxa de cruzamento, autofecundação, cruzamentos biparentais e variações na taxa de cruzamento entre plantas; a análise de paternidade para as sementes e regeneração permitirá determinar a distância e o padrão de fluxo efetivo de pólen (fluxo haplóide) e sementes (fluxo diplóide) dentro da parcela, bem como a proporção de sementes e plântulas que são frutos de fluxo gênico externo. A análise da distribuição espacial dos genótipos será realizada para árvores adultas e plântulas, estimando o coeficiente de coancestria entre pares de indivíduos dentro de diferentes classes de distância. Estas análises também permitirão estimar o tamanho efetivo de variância nas três fases ontogênicas avaliadas e, assim, determinar o potencial evolutivo da presente e das futuras gerações. Adicionalmente será analisada a dinâmica da endogamia entre gerações, comparando os índices de fixação de entre as três fases ontogênicas, sementes, plântulas e árvores adultas. O tamanho amostral final será de aproximadamente 550 plantas. Estes resultados permitirão entender parte importante do processo de reprodução, formação da estrutura genética espacial e vizinhanças genéticas reprodutivas em populações altamente fragmentadas de C. langsdorffii e dará um indicativo de seu potencial para a conservação in situ, coleta de sementes para formação de bancos de germoplasma e para coleta de sementes em árvores matrizes para a recuperação ambiental.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.