Busca avançada
Ano de início
Entree

Vacina anti-varicela em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico (LES): imunogenicidade e segurança

Processo: 08/03778-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Maria Odete Esteves Hilário
Beneficiário:Paula Oliveira Do Rosário
Instituição-sede: Departamento de Pediatria. Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/55003-8 - Vacina anti-varicela em crianças e adolescentes com lúpus eritematoso sistêmico (LES): imunogenicidade e segurança, AP.R
Assunto(s):Lúpus eritematoso sistêmico   Varicela   Crianças   Adolescentes

Resumo

O Lupus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença crônica, decorrente de processo autoimune. Estes pacientes, além de apresentarem imunossupressão pela própria doença, necessitam terapia imunossupressora. A varicela é uma doença endêmica, com alta incidência na população pediátrica e o contágio é muito frequente. Quando infectados pelo vírus da varicela, estes pacientes apresentam elevado risco de desenvolverem formas hemorrágicas graves e disseminadas da doença, além de ser comum o aparecimento de herpes zoster. Há evidências de que a maior frequência de herpes zoster em pacientes com LES está relacionada a uma diminuição da imunidade celular específica ao vírus da varicela. Como regra geral, os imunossuprimidos não devem receber vacinas com vírus vivos. Porém, seria extremamente útil vaciná-los em situação de menor risco (fora de atividade da doença), com doses baixas de imunossupressores e/ou de corticosteroides. Devido à falta total de estudos sobre a vacina anti-varicela em crianças e adolescentes com LES, com ou sem o uso de drogas imunossupressoras, à frequência da varicela em nosso meio e o seu potencial risco para estes pacientes, decidimos avaliar a imunogenicidade e a segurança da vacina neste grupo. (AU)