Busca avançada
Ano de início
Entree

Indicação do teor de água e temperatura do ambiente para a conservação das sementes de ipê-roxo (Tabebuia avellanedae Lorentz ex Griseb.)

Processo: 08/05304-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2008
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais
Pesquisador responsável:Leila Martins
Beneficiário:Juliana Aparecida Fracarolli
Instituição-sede: Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/59068-2 - Indicação de teor de água e temperatura do ambiente para conservação das sementes de ipê-roxo (Tabebuia avellanedae Lorentz ex Griseb.), AP.R
Assunto(s):Bignoniaceae   Armazenamento   Sementes   Tabebuia

Resumo

Indicação de teor de água e temperatura do ambiente para conservação de sementes de ipê-roxo (Tabebuia avellanedae Lorentz ex Griseb.)Processo n° 07 / 59068-2Plano de atividades da bolsa de treinamento técnicoO estagiário, inicialmente, receberá orientação técnica para realizar as seguintes atividades, em análises de avaliação da qualidade de sementes de milho, feijão e soja, realizadas em laboratório de análise de sementes:1) Recebimento e registro das amostras: conferência das amostras recebidas, registro em livro próprio e emissão de documento de identificação (Ficha de análise de sementes) que acompanhará a amostra.2) Preparo da amostra: objetivo e definições. Homogeneização da amostra média e divisões para obtenção das amostras de trabalho. Aparelhos utilizados. Armazenamento das amostras de arquivo e encaminhamento das amostras de trabalho.3) Análise de pureza (PU): objetivo e definições. Equipamentos e materiais utilizados. Procedimentos. Cálculo e informação dos resultados. Comparação dos resultados (consulta da tabela de tolerância).4) Exame de sementes nocivas (SN): explicação das leis, regulamentos ou portarias que regulamentam as espécies de plantas consideradas nocivas. Equipamentos e materiais utilizados. Procedimentos. Informação dos resultados.5) Determinação de outras sementes por número (OS): explicação das leis, regulamentos ou portarias que regulamentam as espécies de plantas consideradas nocivas. Equipamentos e materiais utilizados. Procedimentos. Informação dos resultados.6) Teste de germinação (GE): objetivo e definições. Equipamentos e materiais para a germinação. Escolha do método. Procedimentos. Tratamentos para promover a germinação. Avaliação das plântulas e sementes. Interpretação do teste. Cálculo e informação dos resultados. Comparação dos resultados (consulta da tabela de tolerância).7) Determinações adicionais (sementes infestadas, teste de peneira, umidade): objetivos, equipamentos, materiais e procedimentos. Cálculo e informação dos resultados.A seguir, desenvolverá atividades de pesquisa nos projetos do Laboratório Central de Sementes e Mudas, Departamento de Sementes, Mudas e Matrizes da CATI:1) Indicação de teor de água e temperatura do ambiente para conservação de sementes de ipê-roxo (Tabebuia avellanedae Lorentz ex Griseb.), processo n° 07/59068-2 (em análise pela FAPESP).2) Conservação de sementes de ipê-roxo (Tabebuia impetiginosa): teor de água das sementes e temperatura do ambiente, processo n°06/59895-3 (aprovado pela FAPESP).