Busca avançada
Ano de início
Entree

Reatividade química e biológica em interfaces

Processo: 08/06163-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Hernan Chaimovich Guralnik
Beneficiário:André Gomes da Silva
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/50970-5 - Reatividade química e biológica em interfaces, AP.TEM
Assunto(s):Catálise   Micelas   Biomimética   Bioatividade

Resumo

Pesquisa fundamental e aplicada em Sistemas Biomiméticos, usando micelas e vesículas como modelos, é o foco da nossa linha. Estudamos estrutura de agregados, propriedades catalíticas de micelas e vesículas, mecanismo de reações químicas e interação proteína/membrana. Destas contribuições, destacamos (Revista, ano, citações): vesículas preparadas com diester de fosfato (BBRC, 1978, 98); tiólise em micelas (JOC, 1978, 79); método de análise quantitativo de cinética em micelas e vesículas (JPC, 1979, 349); pH em interfaces (JPC, 1980, 84); pK aparente em membranas (BBA, 1984, 67) atividade de água em micelas reversas (JPC, 1986, 63); proteína desacopladora mitocondrial em plantas (Nature, 1995, 133); água na interface de micelas (Langmuir, 2000, 61). Neste Projeto utilizaremos vários métodos, em especial captura química, para pesquisar ligação de íons a micelas e vesículas, pois este parâmetro determina estrutura e função destes agregados. A ligação de íons em micelas zwitteriônicas, e de íons pouco reativos em micelas, o grau de dissociação interno e externo de vesículas, mecanismo de micelização de detergentes carregados e de misturas com zwitteriônicos constituem os temas deste capítulo. Novas propriedades estruturais, reológicas e funcionais de micelas serão estudadas com derivados de triflato de alquiltrimetilamônio e polímeros anfipáticos. Reações químicas (hidrólise de fosfatos e tiólise) e uma nova escala de nucleofilicidade (usando reações de fenildiazônio) serão exploradas. O estudo da oximólise de triésteres de fosfato será analisada visando a obtenção de novos sistemas de tratamento de pele contaminada por inseticidas e armas químicas. A interação de peptídios com bicamadas será investigada usando cinéticas de vazamento de lipossomos e calorimetria. A modificação da atividade enzimática por interação com detergentes e outros anfifílicos será investigada usando proteases e fosfatases como modelo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)