Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do Diabetes Mellitus sobre a Matriz Extracelular do Endométrio Durante os Estágios Iniciais da Gestação.

Processo: 08/07799-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Telma Maria Tenório Zorn
Beneficiário:Camila Rocha de Almeida
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/55277-6 - Influência do Diabetes Mellitus sobre a matriz extracelular do endométrio durante os estágios iniciais da gestação em camundongos, AP.R
Assunto(s):Gravidez   Reprodução   Camundongos   Endométrio   Imuno-histoquímica   Matriz extracelular   Diabetes mellitus

Resumo

O conhecimento dos mecanismos que participam no controle do estabelecimento e manutenção da gestação é de vital importância, pois, ajudarão no desenvolvimento de métodos anticoncepcionais, no tratamento da infertilidade e de doenças ligadas à gestação. Nas últimas décadas o ambiente uterino vem ocupando cada vez mais importância pelas evidências que mostram seu papel determinante para uma adequada implantação e desenvolvimento do embrião. Isto porque, genes têm sido identificados e vários fatores biológicos-chave para implantação são produzidos por células do ambiente uterino. Por outro lado, várias patologias perturbam a fisiologia uterina e, consequentemente podem afetar o processo reprodutivo. Gestações complicadas pelo diabetes mellitus, nas quais são observadas alterações morfofuncionais na interface materno-fetal, ainda não totalmente compreendidas, tem sido associadas a um aumento na incidência de malformações fetais e predisposição ao desenvolvimento de doenças no período pós-natal. Embora camundongos sejam um dos animais mais frequentemente utilizados em laboratório o estabelecimento de modelo de diabetes mellitus voltado para o estudo desta patologia na gestação ainda não foi adequadamente estabelecido. Deste modo, considerando estudos anteriores mostrando que muitos componentes da matriz extracelular são profundamente remodelados durante a gestação de camundongos indicando seu papel importante no processo reprodutivo e, que o diabetes mellitus afeta muitos destes componentes, o Laboratório de Biologia da Reprodução e Matriz Extracelular (LBR-MEC) em colaboração com o Laboratório de Hipertensão e Diabetes (LHD) propõem: a) estabelecer o modelo de diabetes em camundongos com vistas ao estudo da gestação destes animais; b) Verificar o efeito da diabetes sobre a composição da MEC do endométrio destes animais durante o período inicial da gestação. Esperamos através da realização deste trabalho determinar a influência do diabetes mellitus sobre a composição e organização de componentes da MEC do endométrio, cujas alterações podem estar associadas aos distúrbios observados em gestações complicadas pelo diabetes.