Busca avançada
Ano de início
Entree

A promoção da saúde ambiental da UTI neonatal, para a segurança e humanização do cuidado de enfermagem ao neonato e família

Processo: 08/09221-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2008
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Pediátrica
Pesquisador responsável:Eliana Moreira Pinheiro
Beneficiário:Bruna Ribeiro dos Santos
Instituição-sede: Escola Paulista de Enfermagem (EPE). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/50874-9 - A promoção da saúde ambiental da unidade de terapia intensiva neonatal para a segurança e humanização do cuidado ao neonato e família, AP.R
Assunto(s):Família   Recém-nascido

Resumo

Baseando-se nas evidências científicas de efeitos deletérios do ruído para o desenvolvimento dos neonatos, para a atuação dos profissionais e para a interação dos familiares com os recém-nascidos e profissionais; e dos altos níveis de ruído constatados em nosso meio nas unidades de terapia intensiva neonatais (UTIN) e incubadoras, este projeto tem como objetivo geral avaliar os níveis de ruído da UTIN e do interior das incubadoras, antes e após a implementação de um programa educativo de redução de ruídos. O método utilizado será o quantitativo quase-experimento, tendo como local de estudo um hospital público universitário do município de São Paulo, cuja população será constituída da UTI neonatal, das incubadoras desse ambiente, da equipe de saúde e dos familiares dos recém-nascidos internados na UTI. O registro de NPS será realizado por um medidor de nível de pressão sonora; e o registro das fontes de ruídos por meio de observação sistematizada. As medidas serão realizadas antes e após a intervenção de um programa educativo sobre redução de ruídos.Os dados serão analisados utilizando-se de estatística descritiva, média, desvio padrão, análise de variância Anova, teste "t" e teste de correlação.