Busca avançada
Ano de início
Entree

Microbiota cariogênica, fluxo e capacidade tampão salivar de pacientes pediátricos com anemia falciforme

Processo: 09/00247-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Cristiane Yumi Koga Ito
Beneficiário:Zulene Eveline Abreu Ribeiro
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOSJC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/58999-2 - Microbiota cariogênica, fluxo e capacidade tampão salivar de pacientes pediátricos com anemia falciforme, AP.R
Assunto(s):Anemia falciforme   Cárie dentária   Odontologia

Resumo

Crianças com diagnóstico de anemia falciforme são submetidas à terapia antibiótica prolongada com penicilina. Estudo anterior demonstrou ausência de isolamento bucal de Streptococcus mutans e menor experiência de cárie. Por outro lado, outro estudo verificou maiores índices CPO-D nestes pacientes. Considerando-se o pequeno número de estudos sobre o assunto e dados inconclusivos, julga-se de grande valia avaliar a microbiota cariogênica e aspectos salivares destes pacientes. Participarão do estudo 40-50 pacientes de ambos os gêneros, com idades entre 4 a 6 anos com anemia falciforme (SS), diagnosticadas clinicamente e por métodos laboratoriais e em tratamento no ambulatório da Disciplina de Hematologia, Departamento de Medicina da UNIFESP. Para o grupo controle pareado serão selecionadas 40-50 crianças saudáveis com perfil semelhante (gênero, idade e condições bucais) ao grupo de estudo. Será realizada coleta de saliva estimulada e avaliação do fluxo salivar e capacidade tampão da saliva. Será realizado exame clínico por um único examinador para determinação do índice ceo-d/CPO-D. Será aplicado aos responsáveis um questionário sobre ingestão de carboidratos fermentáveis, higiene bucal, escolaridade materna, história médica e dental. A partir da amostra coletada, será realizada avaliação microbiológica para verificação do número de UFC/ml de saliva de estreptococos do grupo mutans, lactobacilos e leveduras do gênero Candida. As leveduras do gênero Candida serão identificadas pelo kit API-20C AUX e C. dubliniensis por métodos moleculares (PCR multiplex). As contagens de microrganismos e testes salivares serão utilizadas para interpretação quanto à atividade de cárie. Os resultados expressos em valores de UFC/ml serão comparados estatisticamente entre os grupos em estudo.