Busca avançada
Ano de início
Entree

Proteínas e polimorfismos de genes de Reparo de DNA na fotocarcinogênese em lábio

Processo: 09/00787-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Marília Trierveiler Martins
Beneficiário:Taís Costa de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/54606-9 - Proteínas e polimorfismos de genes de Reparo de DNA na fotocarcinogênese em lábio, AP.R
Assunto(s):Patologia bucal   Raios ultravioleta   Polimorfismo genético   Carcinoma de células escamosas

Resumo

O câncer de lábio (CEL) é uma das neoplasias mais freqüentes em cabeça e pescoço e é precedido por uma lesão conhecida como queilite actínica. A radiação ultravioleta (UV) tem sido amplamente considerada sua principal causa. As principais lesões no DNA causadas pela UV são a formação de dímeros de pirimidina-ciclobutanos (CPD) e fotoprodutos 6-4 pirimidina-pirimidona (6-4PP). Estas lesões, se não forem reparadas, podem dar lugar a mutações específicas que compreendem a transição C’T e CC’ TT em seqüências dipirimidínicas. O sistema de reparo de DNA por excisão de nucleotídeo é o mais relevante na eliminação de danos induzidos por UV e polimorfismos presentes em genes que fazem parte deste sistema podem gerar maior susceptibilidade ao desenvolvimento de cânceres. Dentre os polimorfismos dos genes XP destacam-se um polimorfismo conhecido como PAT no gene XPC e três polimorfismos no gene XPD, por serem os mais frequentemente encontrados na população e já terem sido relacionados com a fotocarcinogênese. Os objetivos deste trabalho são verificar se os polimorfismos genéticos XPC PAT, XPD (C156A), XPD (Asp312Asn) e XPD (Lys751Gln) estão relacionados com risco para o desenvolvimento de queilite actínica e carcinoma epidermóide de lábio e verificar a expressão imunoistoquímica das proteínas XPA, XPC, XPD e XPF e dos dímeros de pirimidina e fotoprodutos em carcinomas epidermóides de lábio e queilites actínicas.