Busca avançada
Ano de início
Entree

Medidas acústicas e de produção de fala empregadas no diagnóstico do transtorno fonológico

Processo: 09/05245-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Haydée Fiszbein Wertzner
Beneficiário:Tatiane Faria Barrozo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/57145-2 - Medidas acústicas e de produção de fala empregadas no diagnóstico do transtorno fonológico, AP.R
Assunto(s):Patologias fonoaudiológicas   Transtornos da articulação   Técnicas e procedimentos diagnósticos   Crianças

Resumo

O Transtorno Fonológico é a alteração de fala e linguagem bastante ocorrente na população infantil e, portanto tem sido alvo de estudos constantes. O objetivo da presente pesquisa é verificar a especificidade e sensibilidade das medidas fonológicas e fonéticas em relação à análise fonológica, nos subtipos de transtorno fonológico com otite e genético. Participarão da pesquisa 72 crianças, sendo 36 sem queixas de alteração de fala e linguagem, que constituirão o grupo controle 36 crianças apresentando transtorno fonológico entre 5:00 e 7:11 anos de ambos os gêneros (12 crianças por faixa etária). Para a execução do projeto serão aplicados: entrevista detalhada para a confecção do heredrograma; protocolos especifico de fonologia os quais será calculado o índice PCC-R; de inconsistência de fala; de diadococinesia, eletroglotografia e estimulabilidade de fala. Para coletar os dados da eletroglotografia e da diadococinesia será necessário o Computadorized Speech Lab (CSL) 4500 da Kay Pentax, ao qual será acoplado o Electroglottograph, model 6103 e o programa Motor Speech Profile (model 5141). Será ainda acoplado o microfone de alta performance e fidelidade da Kay Pentax modelo 3706.A partir dos dados da entrevista e do heredograma, os sujeitos do GE serão agrupados de acordo com a presença de histórico de otite, histórico de alterações de fala e linguagem na família.Em seguida serão analisados os resultados das medidas obtidas por meio dos testes e verificada a sensibilidade e especificidade destes em relação à análise fonológica. (AU)