Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos comparativos de divergência genética de clones de seringueira [Hevea brasiliensis (Willd. ex Adr. de Juss.) Muell-Arg.] através do uso de marcadores microssatélites e de técnicas multivariadas

Processo: 09/05968-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2009
Vigência (Término): 31 de outubro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Luciana Lasry Benchimol-Reis
Beneficiário:Bruno Guisolphe Ferreira
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/61847-7 - Estudos comparativos de divergência genética de clones de seringueira [Hevea brasiliensis (Willd. ex ADR. de Juss.) Muell-Arg.] através do uso de marcadores microssatélites e de técnicas multivariadas, AP.R
Assunto(s):Seringueira   Desequilíbrio de ligação   Diversidade genética   Marcador molecular

Resumo

A seringueira é uma espécie perene, o que acarreta maior tempo e gasto de recursos para o desenvolvimento de novas variedades, pois estimativas de ganhos genéticos só podem ser obtidas após um longo período juvenil. A maior parte dos alvos da seleção são características quantitativas apresentando avaliações caras e demoradas. Neste contexto, a identificação de marcadores moleculares ligados a características de interesse pode ser extremamente interessante diminuindo gastos e tempo através de seleção assistida. O presente projeto tem por objetivo avaliar os desequilíbrios de ligação entre genótipos superiores de seringueira [Hevea brasiliensis (Willd. ex Adr. de Juss.) Muell-Arg.] utilizando-se marcadores microssatélites, visando futuramente o mapeamento associativo destes clones. Este projeto está vinculado ao projeto "Estudos Comparativos de Divergência Genética de Clones de Seringueira [Hevea brasiliensis (Willd. ex Adr. de Juss.) Muell-Arg.] através do Uso de Marcadores Microssatélites e de Técnicas Multivariadas" (processo FAPESP 2006/61847-7), tal como aditivo concedido. Conhecer o desequilíbrio de ligação (DL) entre os polimorfismos do DNA e os genes envolvidos no controle das características de interesse agronômico fornecerá subsídios para realizar estudos de associação em H. brasiliensis e permitirá, em curto ou médio prazo, a identificação de ferramentas moleculares para os programas de melhoramento da espécie. (AU)