Busca avançada
Ano de início
Entree

Construção de um mapa genético-molecular com microssatélites e mapeamento de locos ligados à tolerância ao frio e outras características de importância econômica em seringueira

Processo: 09/05727-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Anete Pereira de Souza
Beneficiário:Patrícia Zambon
Instituição-sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/50562-4 - Construção de um mapa genético-molecular com microssatélites e mapeamento de locos ligados à tolerância ao frio e outras características de importância econômica em seringueira, AP.R
Assunto(s):Diversidade genética   Repetições de microssatélites   Seringueira   Marcador molecular

Resumo

A necessidade de novos cultivares de seringueira (Hevea brasiliensis) adaptáveis a diferentes regiões ecológicas, denominadas de regiões de escape para o cultivo da H. brasilienses, constitui um ponto importantíssimo para o sucesso da heveicultura no Brasil e no mundo. O ciclo de melhoramento genético da seringueira, que vai do cruzamento para obtenção das progênies recombinantes até o final da produção, pode demorar aproximadamente 30 anos para se concretizar. Desta forma, torna-se fundamental o desenvolvimento de novas técnicas de avaliação precoce, que possibilitem diminuir e otimizar as avaliações para essa cultura. A biotecnologia e as técnicas de biologia molecular são muito úteis para tornar mais eficiente e rápida a obtenção de novos cultivares. Até o momento esta técnicas ainda têm um desenvolvimento muito tímido e com poucos avanços em termos de aplicação para o conhecimento do genoma e melhoramento da H. brasiliensis.Neste contexto, o presente projeto visa o desenvolvimento de um mapa-genético molecular a partir de microssatélites e mapeamento de locos associados a características de importância econômica em Hevea brasiliensis, dentre as quais, a resistência ao frio. Tal projeto tem grande urgência no desenvolvimento pois, ele abrirá o caminho para a utilização da biotecnologia e técnicas de biologia molecular na obtenção de cultivares mais adaptados e produtivos de H. brasiliensis. A construção de um mapa genético saturado contribuirá para o mapeamento de muitos outros genes importantes, bem como abrirá a possibilidade de seleção assistida por marcadores e inúmeros estudos sobre variabilidade genética, estrutura populacional, fluxo gênico e sistema reprodutivo em H. brasiliensis, estudos estes ainda por fazer até o momento.Uma vez construído um mapa de ligação saturado para H. brasiliensis, espera-se poder estender o uso desta ferramenta a diferentes cruzamentos e germoplasmas de seringueira.O desenvolvimento deste projeto será em conjunto com IAC/Campinas, ESALQ/USP, INRA/Piaf, CIRAD/Montpellier e a Michelin do Brasil, a qual disponibilizará uma população segregante F1 para o mapeamento, bem como se responsabilizará pelo cultivo e manutenção dela no campo,em sua fazenda localizada em MS.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.