Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação ANTINONICEPTIVA & anticâncer e isolamento e identificação das frações ativas & princípios ativos de Pterodon Pubescens Benth

Processo: 09/05881-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise e Controle de Medicamentos
Pesquisador responsável:Mary Ann Foglio
Beneficiário:Núbia de Cássia Almeida Queiroz
Instituição-sede: Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Paulínia , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/52454-1 - Atividade antinociceptiva e anticâncer, isolamento e identificação das frações ativas da Pterodon Pubescens Benth, AP.R
Assunto(s):Fitoquímica   Antineoplásicos

Resumo

A espécie vegetal, Pterodon pubescens Benth. -sinonímia botânica - Pterodon emarginatus Vog, é uma árvore da família das Leguminosae-Papillonoideae. Um estudo etnobotânico em 30 cidades do interior de Minas Gerais relatou o uso popular da sucupira, Pterodon pubescens Benth, no tratamento do reumatismo, dores de garganta, problemas da coluna, como tônico e depurativo (Carvalho, 1999). Em 1970, diterpenos foram obtidos por Mahajan e Monteiro, e no mesmo ano, terpenos foram isolados por Fascio e colaboradores (Carvalho, 1999). Os diterpenos 14, 15- epoxigeranilgeraiol e alguns derivados, foram isolados de Pterodon pubescens Benth, provando serem eficientes agentes quimioprofiláticos contra infecções causadas por cercarias de S. mansoni quando aplicados topicamente na cauda de ratos (Dos Santos Filho et, Al, 1972). Quatorze diterpenos furânicos foram identificados e isolados dos frutos do gênero Pterodon. O diterpeno furânico - Vouacapano, 6a-7b-dihidroxivouacapano17b- oato de sódio, foi isolado da espécie P. polygalaeflorus Benth, e sua atividade antiinflamatória demonstrada através do modelo de pata induzido por carragenina (Carvalho, 1999). A atividade antiinflamatória do extrato hexânico de Pterodon pubescens Benth, foi estudada por Carvalho e colaboradores sugerindo que a atividade antiinflamatória do extrato hexânico estaria relacionada à inibição da liberação de prostaglandinas e outros mediadores envolvidos no sistema de cininas. Neste estudo propos-se: Avaliar o provável mecanismo de ação antinociceptivo do extrato bruto, frações e compostos identificados envolvidos com esta atividade;Isolamento dos princípios ativos anticancer biomonitorados através dos ensaios de atividade anticancer em cultura de células tumorais in vitro.;Estudar a relação da atividade anticancer com a atividade antiinflamatória e avaliar a atividade anticancer in vivo em modelo experimental, utilizando o Tumor Sólido de Ehrlich (modificado a partir do tumor ascítico).

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

Solicitação em análise e dentro do prazo legal de sigilo previsto na legislação BR1320180763783 - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) . Solicitação em análise e dentro do prazo legal de sigilo previsto na legislação - 18 de dezembro de 2018

 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.