Busca avançada
Ano de início
Entree

Função do núcleo paraventricular do hipotálamo na resposta cardiovascular e neuroendócrina observada em ratos submetidos ao estresse por restrição

Processo: 09/08647-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Fernando Morgan de Aguiar Correa
Beneficiário:Erica Maria Granjeiro
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/03685-3 - Neurotransmissores típicos e atípicos em transtornos neuropsiquiátricos, AP.TEM
Assunto(s):Sistema nervoso central   Sistema cardiovascular   Estresse por restrição   Núcleo hipotalâmico paraventricular   Glutamatos   Óxido nítrico

Resumo

Resumo e Objetivos: O presente projeto está inserido dentro do Grupo III de subprojetos do Projeto Temático 07/03685-3, intitulado: Participação de áreas suprabulbares no controle de respostas cardiovasculares evocadas por restrição aguda (RA) ou por resposta emocional condicionada (REC), em ratos. O núcleo paraventricular do hipotálamo (PVN) está envolvido em vários aspectos do controle central do sistema cardiovascular. A estimulação elétrica ou química do PVN causa alterações na pressão arterial e freqüência cardíaca. Além disso, o PVN conecta-se a várias estruturas límbicas envolvidas no controle comportamental, bem como a estruturas prosencefálicas e bulbares envolvidas no controle cardiovascular. Foi demonstrado que o PVN modula de forma dissociada o componente vascular do componente cardíaco da resposta ao estresse por restrição (ER), uma vez que a inibição da neurotransmissão local do PVN reduziu apenas a resposta pressora, sem alterar a resposta taquicárdica associadas ao ER. O ER é um estímulo aversivo inescapável que além de causar elevação na pressão arterial e freqüência cardíaca, também provoca aumento nas concentrações plasmáticas de corticosterona e adrenocorticotrofina, em ratos. Além disso, tem sido descrito que animais submetidos ao ER apresentam redução na temperatura da cauda visando obter informação sobre o papel desempenhado pelo PVN na redistribuição do fluxo sanguíneo, a qual se deve a uma vasoconstrição cutânea, sendo junto com os dados cardiovasculares um indicativo da atividade autonômica. Dentre os neurotransmissores envolvidos na modulação do sistema cardiovascular no PVN, destacam-se os sistemas glutamatérgico e o nitrérgico. Assim, a hipótese do presente projeto é que ocorra uma interação entre os sistemas glutamatérgico e nitrérgico presentes no PVN na modulação das respostas autonômicas e humorais provocadas pelo ER. Para tanto estudaremos o envolvimento desses neurotransmissores na mediação pelo PVN das alterações cardiovasculares, de temperatura e hormonais ao ER, através da inibição local de receptores glutamatérgicos bem como inibição local do sistema nitrérgico antes de submetermos os animais ao ER.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GRANJEIRO, ERICA M.; GOMES, FELIPE V.; GUIMARAES, FRANCISCO S.; CORREA, FERNANDO M. A.; RESSTEL, LEONARDO B. M. Effects of intracisternal administration of cannabidiol on the cardiovascular and behavioral responses to acute restraint stress. Pharmacology Biochemistry and Behavior, v. 99, n. 4, p. 743-748, OCT 2011. Citações Web of Science: 19.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.