Busca avançada
Ano de início
Entree

Promovendo mortalidade em Aedes aegypti infectado pelo vírus dengue

Processo: 09/08939-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2009
Vigência (Término): 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Pesquisador responsável:Margareth de Lara Capurro-Guimarães
Beneficiário:Diego Soares Azevedo
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/10254-1 - Promovendo mortalidade em Aedes Aegypti infectado pelo vírus dengue, AP.R
Assunto(s):Saúde pública   Vírus da dengue   Dengue   Vetores de doenças   Aedes aegypti   Mosquitos geneticamente modificados   Controle de vetores

Resumo

Este projeto tem como proposta a construção de linhagens transgênicas que irão morrer na presença do vírus da dengue resultando em eliminação da transmissão. Estamos construindo genes que codificam proteínas de fusão composta de Sec61g, sitio de clivagem da proteína do capsídeo do vírus dengue, e michelob_x (mx). As seqüências promotoras de vitelogenina e carboxi-peptidase de Aedes aegypti, foram testadas anteriormente em várias linhagens transgênicas e não esperamos nenhum problema com elas. O domínio transmembranal da Sec61g em fusão com a mx poderá ser modificado pelo domínio transmembranal da proteína de capsídeo do próprio vírus ou outra subunidade do complexo Sec61, se os resultados utilizando cultura de células mostrarem algum tipo de resultado não esperado. Experimentos de cultura de células serão utilizados para testar o sítio de clivagem entre Sec61g e mx assim como a toxicidade de mx. Outras proteínas poderão ser utilizadas se mx mesmo fusionada com Sec61g acarretar morte celular. (AU)