Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura genética e sistema reprodutivo de espécies arbóreas do Cerrado do Estado de São Paulo

Processo: 09/09714-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Pesquisador responsável:Paulo Yoshio Kageyama
Beneficiário:Luana Beatriz Rodrigues Leme
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/06648-1 - Estrutura genética e sistema reprodutivo de espécies arbóreas do cerrado do estado de São Paulo, AP.R
Assunto(s):Marcadores genéticos   Conservação   Diversidade genética   Cerrado

Resumo

Estudos recentes revelam que o Bioma Cerrado no Estado de São Paulo foi reduzido a 0,86% de sua área original, justificando a necessidade imediata de estudos básicos que dêem subsídios aos programas de conservação e uso sustentável. Os estudos genéticos de espécies arbóreas do Cerrado, além de escassos, são voltados para àquelas com potencial econômico mais do que para o entendimento da estrutura genética dos ecossistemas em que estão inseridas. Esta é uma lacuna que o presente projeto pretende contribuir para preencher, objetivando um esforço concentrado do LARGEA/ESALQ/USP e colaboradores para desenvolver estudos genéticos e de ecologia reprodutiva no Bioma. Os objetivos específicos são avaliar as estruturas populacional e genética de espécies arbóreas representativas do Cerrado do Estado de São Paulo, através da quantificação da variabilidade genética inter e intra populacional e estudar o padrão de reprodução e correlação genótipo espacial das populações por marcadores moleculares. O projeto é desenvolvido em três municípios do Estado de São Paulo (Assis, Pedregulho e Itirapina), por apresentarem fragmentos com populações de tamanho mínimo amostral adequado para estudos genéticos populacionais. Para a análise da diversidade, estrutura genética e autocorrelação espacial dos genótipos, amostras foliares de 60 indivíduos de quatro espécies (Hymenaea stigonocarpa, Copaifera langsdorffii, Qualea grandiflora, Tabebuia aurea) com diferentes características ecológicas e demográficas estão sendo coletadas nas áreas mencionadas. Além das análises realizadas com indivíduos adultos, serão produzidas 12 plântulas de 25 matrizes de cada espécie para estudos do sistema de reprodução. Estas informações serão utilizadas para contribuir com o estabelecimento de estratégias de conservação e uso de espécies do Bioma Cerrado.