Busca avançada
Ano de início
Entree

Biotransformação de terpenos por microrganismos endofíticos isolados de frutas do cerrado

Processo: 09/10611-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Glaucia Maria Pastore
Beneficiário:Mariana Recco Pimentel
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/59000-1 - Biotransformação de terpenos por microorganismos endofíticos isolados de frutas do cerrado, AP.R
Assunto(s):Biotransformação   Micro-organismos endofíticos   Bioquímica

Resumo

Os microrganismos endofíticos têm despertado interesse da comunidade científica pela utilidade que desempenham na agricultura, na indústria alimentícia e farmacêutica, através do seu potencial para produção de metabólitos de interesse econômico e funcional. O nicho de microrganismos associados a espécies vegetais de Cerrado permanece praticamente sem qualquer estudo químico e biológico, tornando-se uma fonte potencial de substâncias de interesse farmacológico. Com este intuito, o projeto de pesquisa pretende contribuir para o conhecimento da diversidade e do potencial biotecnológico dos microrganismos do Cerrado Brasileiro, em especial dos endofíticos isolados de frutas ricas em terpenos. Estudos recentes evidenciam que os compostos aromáticos produzidos biotecnologicamente por microrganismos, a partir de substratos terpênicos, podem desempenhar importantes atividades funcionais, atuando na prevenção da formação ou progressão de diversos tipos de câncer e redução de tumores malignos, etc. Estes processos também são de grande interesse para a indústria de aromas, pois podem viabilizar a produção de importantes fragrâncias em maior escala, com geração de resíduos biodegradáveis, além do fato dos compostos produzidos serem denominados "naturais". Com o objetivo de viabilizar processos biotecnológicos para a produção de aromas, serão isolados microrganismos endofíticos de frutas do Cerrado potencialmente biotransformadores de terpenos e selecionados quanto à sua capacidade de produção dos derivados aromáticos, de interesse econômico e biológico. Dando seqüência ao projeto de auxílio à pesquisa anterior, viabilizado pela FAPESP (nº 06/56824-8), serão analisados por espectrometria de massa os compostos obtidos até o presente momento, que ainda não puderam ser identificados por CG-FID. Além disso, será estudado metodologias como o DCCR para otimização dos parâmetros influentes no processo de biotransformação e, por fim, serão testados meios alternativos como substrato para produção de compostos de aroma, como resíduos agroindustriais produzidos no país. A produção de novos compostos de aroma está intimamente relacionada aos avanços nas pesquisas e processos de biocatálise e biotransformação, devendo-se cada vez mais buscar métodos simples e econômicos aliados à alta produtividade e praticidade. Além disso, os estudos com microrganismos endofíticos podem resultar na produção de novos compostos com potencial funcional e econômico, tendo em vista que esta linha de pesquisa não foi explorada até o presente momento. Entretanto, apesar do grande interesse científico e industrial nesta área, as referências ainda são bastante limitadas e os dados escassos. Neste contexto, essa ciência aplicada deve ser desenvolvida com o intuito de promover tecnologias que proporcionem ao país uma posição de destaque no cenário mundial.