Busca avançada
Ano de início
Entree

Resíduos de antimicrobianos e ocorrência de mastite micótica em bovinos leiteiros

Processo: 09/15122-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Juliana Rodrigues Pozzi Arcaro
Beneficiário:Lucas Eduardo Pilon
Instituição-sede: Instituto de Zootecnia. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Nova Odessa , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/07377-7 - Resíduos de antimicrobianos e ocorrência de mastite micótica em bovinos leiteiros, AP.R
Assunto(s):Bovinos leiteiros   Mastite bovina   Microbiologia veterinária

Resumo

A Mastite bovina é um processo inflamatório da glândula mamária frequentemente causada por agentes infecciosos que gera prejuízos econômicos a pecuária leiteira nacional e internacional. A utilização de práticas que visem diminuir a duração e a ocorrência de novas infecções tem sido objetivos constantes dos produtores. Dentre elas, a administração de antibióticos na profilaxia e tratamento de rebanhos leiteiros pode gerar resíduos no leite comprometendo a qualidade do produto bem como a segurança do alimento. O uso prolongado e indiscriminado de antibióticos acarreta a seleção de bactérias resistentes, provoca alergias em indivíduos sensíveis e podem favorecer infecções por agentes oportunistas, entre eles leveduras e fungos filamentosos. O presente projeto tem por objetivo geral detectar a presença de resíduo de antimicrobiano no leite e estudar sua relação com ocorrência de mastite micótica em vacas leiteiras. Amostras de leite serão colhidas de tanques de resfriamento, balões medidores e quartos mamários de todas as vacas em lactação (400) de quatro propriedades de leite tipos B e C da região de Campinas, quinzenalmente, durante período de 60 dias. Os animais serão avaliados quanto à presença de mastite clínica através do teste Tamis, presença de mastite subclínica através do Califórnia Mastitis Test (CMT) e Contagem de Células Somáticas (CCS). Para a detecção de resíduos de antimicrobianos será utilizado o teste microbiológico comercial (Delvotestâ, SP). As análises microbiológicas serão realizadas através da cultura em meios ágar sangue, ágar Mac Conkey e Sabouraud com cloranfenicol. A técnica de diluição será utilizada para contagem de UFC/ml de leveduras e fungos filamentosos. Os dados serão analisados pelo teste de Qui-quadrado para verificação das associações qualitativas e o teste de correlação de Person, para identificação de correlação entre variáveis quantitativas. (AU)