Busca avançada
Ano de início
Entree

Teletransporte de informação quântica entre diferentes cores

Processo: 09/15236-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Marcelo Martinelli
Beneficiário:Luís Fernando Xavier de Souza
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/52157-5 - Teletransporte de informação quântica entre diferentes cores, AP.R
Assunto(s):Osciladores paramétricos ópticos   Emaranhamento   Teletransporte   Informação quântica

Resumo

Desde a montagem do primeiro Oscilador Paramétrico Ótico no Brasil, exploramos diversos comportamentos neste sistema os quais, ainda que previstos pela teoria, não foram observados, apesar da intensa pesquisa realizada por diversos grupos no exterior. Ao demonstrar o emaranhamento entre feixes intensos acima do limiar de oscilação, prever teoricamente o emaranhamento tripartite no sistema, demonstrar as correlações quânticas entre cores distintas por uma oitava \cite{NadyneOPL,NadyneOptExp}, e recentemente identificar a fonte de excesso de ruído neste sistema e controlá-la, medindo o emaranhamento tripartite no sistema, conseguimos um grau único de controle do OPO como fonte de estados não-clássicos.Propomos agora realizar o teletransporte de informação quântica entre diferentes faixas do espectro eletromagnético, empregando o emaranhamento tripartite do OPO como ferramenta. Estendendo a proposta de teletransporte com variáveis contínuas a feixes de diferentes cores, podemos demonstrar a possibilidade de conectar diferentes sistemas que apresentem comportamento quântico passível de emprego em processamento de ``qubits". Este sistema servirá de protótipo para a expansão do processamento de informação quântica, ou uma alternativa para traduzir emaranhamento em um comprimento de onda adequado para interação com os ``qubits" - átomos, por exemplo - para um comprimento de onda adequado para telecomunicações - transmissão por fibra ótica.Para tanto, precisamos aprimorar o nosso sistema. Com o grau de controle adquirido, esta etapa requer sobretudo o aumento do grau de emaranhamento, o que é um desafio técnico envolvendo o uso de ótica de alta qualidade. A manipulação dos estados envolverá ainda o uso de cavidades Fabry-Perot para controle e manipulação dos campos, e como elemento auxiliar em sua deteção.

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa::
Informação 
em dobro