Busca avançada
Ano de início
Entree

Alterações físicas e químicas e fracionamento da matéria orgânica do solo em função do sistema de produção e da aplicação superficial de silicato e calcário

Processo: 10/01140-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2010
Vigência (Término): 30 de setembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Carlos Alexandre Costa Crusciol
Beneficiário:Edicléia Baron Golpian
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/10232-0 - Alterações físicas e químicas e fracionamento da matéria orgânica do solo em função do sistema de produção e da aplicação superficial de silicato e calcário, AP.R
Assunto(s):Rotação de culturas   Produtividade de grãos   Relação solo-planta   Fertilidade do solo   Ciclagem de nutrientes

Resumo

No sistema plantio direto o revolvimento do solo é restrito ao sulco de semeadura, dessa forma há conseqüente acúmulo de resíduos vegetais e fertilizantes na superfície que aceleram o processo de acidificação. Esse processo nos solos brasileiros é contínuo e acentuado, acarretando em baixa disponibilidade de nutrientes e elevados teores de H + Al. Assim, da mesma forma que no sistema convencional de manejo do solo, no sistema plantio direto também existe a necessidade de aplicação de insumos, especialmente, materiais corretivos de acidez. Dentro deste enfoque, o presente projeto de pesquisa tem por objetivo avaliar a influência de diferentes sistemas de produção em plantio direto e da aplicação superficial de corretivos nas características físicas, na movimentação de bases, na correção da acidez do solo, nas frações da matéria orgânica do solo, bem como na nutrição e produtividade das culturas produtoras de grãos em região de inverno seco. O presente projeto é a continuação de um experimento instalado no ano agrícola 2006/2007, na Fazenda Experimental Lageado, pertencente à Faculdade de Ciências Agronômicas - UNESP, localizada no município de Botucatu (SP), e será conduzido nos anos agrícolas 2008/2009, 2009/2010 e 2010/2011. A semeadura das culturas de verão será realizada nos meses de outubro de 2008, 2009 e 2010, já as culturas de outono/inverno serão semeadas em fevereiro dos anos subseqüentes. Para a condução do experimento de maneira toda mecanizada adotou-se o delineamento experimental em blocos casualisados, no esquema de parcelas subdivididas, com 8 repetições. As parcelas serão constituídas por quatro sistemas de produção (I. Sistema "Safra consorciada com Forrageira"; II. Sistema "Safra - safrinha"; III. Sistema "Safra - Pousio"; IV. Sistema "Safra - Adubo Verde/Planta de Cobertura") e as subparcelas por duas fontes de corretivos de acidez e uma testemunha (I - Correção com calcário dolomítico; II - Correção com silicato de cálcio e magnésio - agrosilício; III - Sem correção). Serão realizadas as seguintes avaliações: produção de massa de matéria seca e teores de macronutrientes e silício em todas as culturas, componentes de produção das culturas graníferas, atributos químicos do solo aos 36 e 48 meses após a aplicação dos corretivos (outubro de 2006), atributos físicos do solo, fracionamento da matéria orgânica do solo e calcário residual, após a colheita da segunda safra de outono/inverno (48 meses após a aplicação dos corretivos) e custo de produção.