Busca avançada
Ano de início
Entree

Fatores etiológicos da prematuridade e consequências dos fatores perinatais na saúde da criança: coortes de nascimentos em duas cidades brasileiras

Processo: 10/01403-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Marco Antonio Barbieri
Beneficiário:Kátia Silene D Alkmin Trombe
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/53593-0 - Fatores etiológicos da prematuridade e conseqüências dos fatores perinatais na saúde da criança: coortes de nascimentos em duas cidades brasileiras, AP.TEM
Assunto(s):Hipersensibilidade   Assistência perinatal

Resumo

O projeto temático vai conter dados de dois subprojetos muito amplos, com muitas variáveis envolvidas, e com hipóteses de estudo que vão demandar análises estatísticas de variada complexidade. Portanto, é imprescindível a incorporação na equipe de profissionais de nível superior com graduação em Estatística, que tenham experiência de dois anos ou mestrado na área. É necessária experiência em análise estatística utilizando softwares específicos, e as atividades propostas favorecerão o seu treinamento específico em análise de dados epidemiológicos. A necessidade de dois profissionais se justifica pelo tamanho dos bancos de dados que serão montados, pela complexidade das análises, pela necessidade de dar assistência estatística a pesquisadores, alunos de iniciação científica e de pós-graduação das duas localidades envolvidas no projeto. Assim, os bolsistas vão colaborar nas análises, elaborando os modelos estatísticos no computador e liberando os demais pesquisadores para a interpretação dos resultados e redação dos artigos científicos. As atividades propostas contemplam: montagem da planilha básica de dados (Excel ou Access); supervisão do trabalho de digitação; seleção e aplicação dos testes de consistência da digitação; transferência do banco de dados das planilhas para os programas estatísticos usados nas análises; recodificação das variáveis do banco de dados original, selecionadas para os diversos modelos de análise propostos; montagem de tabelas e gráficos, realização dos testes estatísticos cabíveis em cada análise proposta; interpretação dos resultados dos testes estatísticos juntamente com a equipe de pesquisadores; auxílio nas análises estatísticas dos vários trabalhos em andamento (projetos de iniciação científica, mestrado e doutorado). O cronograma previsto para obtenção dos resultados segue o cronograma geral do projeto. É fundamental a participação dos estatísticos desde a fase inicial da coleta de dados para garantir a qualidade do registro das informações, a montagem precoce da máscara de inserção dos dados no banco, para que pouco tempo após o final da coleta os dados estejam disponíveis para o início das análises, considerando que há superposição das fases do estudo.