Busca avançada
Ano de início
Entree

Materiais à base de proteínas recombinantes para aplicações médicas e odontológicas

Processo: 10/09874-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2010
Vigência (Término): 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Christiane Martins de Lanna Salles Carvalho
Beneficiário:Tiago Alexandre Cocio
Empresa:Pro Bio Pesquisa e Desenvolvimento Ltda. - ME
Vinculado ao auxílio:08/58669-5 - Materiais a base de proteínas recombinantes para aplicações médicas e odontológicas, AP.PIPE
Assunto(s):Proteínas   Biotecnologia

Resumo

Plano de AtividadeTítulo: Purificação da proteína recombinante humana MMP-2Resumo:A inserção de biomateriais na área da saúde tem sido um anseio de vários laboratórios de pesquisa ao redor do mundo, principalmente por sua eficácia no tratamento de doenças que atingem a espécie humana e que deixam seqüelas nos tecidos atingidos por elas. Os biomateriais agem de maneira a promover ou incentivar a formação de parte do tecido humano perdido por conseqüência da doença.O organismo humano, ou seja, células com capacidade formadora primária voltam a formar o tecido humano e restaurar a função do órgão cuja função foi comprometida pela ação da doença.Na busca de tecnologia capaz de promover a produção de biomateriais, muitos estudiosos têm trabalhados com um restrito número de colaboradores e muito sigilo tem sido mantido para resguardar os conhecimentos envolvidos na sua obtenção. A tecnologia que envolve a purificação da proteína recombinante humana MMP-2 é dominada por poucos profissionais. Os protocolos que determinam a metodologia envolvida com sua execução não são de fácil execução e requerem treinamento mais intenso. Portanto, com a finalidade de formar equipe com formação específica na formulação da proteína que constitui o princípio ativo inovador do nosso produto.Descrição dos Objetivos: Formar corpo de funcionários pesquisadores com conhecimentos científicos específicos para formular e purificar a proteína que constitui o princípio ativo do produto a ser estudado no presente projeto de pesquisa.Reter a tecnologia, a metodologia e os protocolos envolvidos na obtenção do princípio ativo responsável pelo caráter inovador do nosso produto. Contratos de confidencialidade e sigilo já foram assinados com os prestadores de serviço e consultores envolvidos com o projeto em questão. Plano de Trabalho:MetodologiaCronograma Junho a outubro de 2010.Treinamento do técnico TT3 no uso dos equipamentos da empresa para expressão e purificação da proteína-Julho 2010.Transferência dos protocolos de produção da proteína rhMMP-2.Agosto 2010.Controle de qualidade da proteína em géis SDS - PAGE e zimogramas.Setembro 2010.Supervisão para que a produção de rhMMP-2 siga todas as normas da ANVISA.Julho a outubro 2010.Treinamento do técnico TT-3 nos ensaios de liberação de rhMMP-2 de misturas com resina. Outubro 2010.Resultados previstosPossibilitar treinamento coincidente com as atividades a serem desenvolvidas na empresa a respeito da produção da proteína para posterior desenvolvimento do produto final adesivo dentinário associado à proteína recombinante humana MMP-2.Justificativa para o nível de bolsa: Para o manuseio e execução de todos os passos que constituem a execução, obtenção e purificação da proteína a ser usada no nosso projeto, se faz necessário profissional com formação específica em biologia molecular, vivência em laboratório de biotecnologia e vasto conhecimento em nanotecnologia e prontidão em aprender e pesquisar. Justificativa para o Plano - Objetivo . Ao submeter o projeto de pesquisa ao PIPE1, vislumbrou-se a necessidade de equipe com capacidade suficiente para dominar a obtenção e purificação da proteína que consiste o fator inovador do produto a se desenvolvido pela empresa PRO-BIO P&D Ltda. Esta equipe, que conta com um responsável científico(envolvida em outro projeto da empresa-subsdiado pelo PRIME-FINEP), gestora científica ( PIPE1 - Adesivo dentinário) e um TT3 sob cuja responsabilidade ficará a retenção do conhecimento envolvido com a formulação da proteína recombinante humana - MMP-2