Busca avançada
Ano de início
Entree

Manutenção de equipamentos computacionais do projeto encontros próximos em dinâmica orbital

Processo: 10/10591-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2010
Vigência (Término): 31 de maio de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial - Dinâmica de Vôo
Pesquisador responsável:Rodolpho Vilhena de Moraes
Beneficiário:Ana Carla de Paula Leite Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/04997-6 - Encontros próximos em dinâmica orbital, AP.TEM
Assunto(s):Dinâmica orbital

Resumo

Encontros próximos em dinâmica orbital ocorrem quando, sob a ação da forçagravitacional, um corpo tem em sua trajetória uma grande aproximação comum outro corpo. Dependendo dos parâmetros geométricos e dinâmicos desteencontro, a evolução orbital destes dois corpos pode ser das maisvariadas, como por exemplo: i) pode ocorrer uma colisão entre os corpos;ii) pode ocorrer uma drástica mudança de trajetória em um dos corpos (ounos dois corpos); iii) pode ocorrer uma harmoniosa troca de momentoangular entre os corpos de modo a mantê-los em órbitas similares,repetindo sistematicamente os encontros próximos de modo que o sistemaseja estável (sistemas coorbitais). Os encontros próximos podem sersensivelmente dependentes das condições iniciais, caracterizando aexistência de regiões caóticas no espaço de fase de sistemas dinâmicos comeste tipo de situação. O fenômeno de encontros próximos é extremamenterecorrente em dinâmica orbital, tanto com aplicações na dinâmica de corposartificiais (satélites, sondas, etc), como na dinâmica de corpos naturais(planetas, cometas, asteróides, anéis planetários, etc).Este Projeto Temático visa o agrupamento de pesquisadores com formação eexperiência científica sólida em Dinâmica Orbital para abordar o temaEncontros Próximos de forma sistemática e coordenada. Neste projeto serãorealizados estudos que envolvam desde a questão de fundamentos, como adelimitação da esfera de influência gravitacional de um corpo num sistemade vários corpos, passando por uma análise detalhada da dependência dosparâmetros geométricos e dinâmicos do encontro até as suas mais variadasrelevantes aplicações em astrodinâmica (evolução orbital, manobras detransferência do tipo “swing-by”, manobras de capturagravitacional, manobras de evasão, que evitem colisão com nuvens dedetritos espaciais, e outras) e em dinâmica planetária (capturagravitacional de planetesimais, estabilidade e origem de sistemascoorbitais, formação e evolução de estruturas de anéis estreitos comsatélites imersos, migração planetária e o fenômeno de ressonância, quepode atuar como um mecanismo de prevenção de encontros próximos, eoutras).O projeto está distribuído em seis partes interconectadas que sãoclassificadas como:A) Fundamentos: esfera de influência, raio de captura, regiões caóticas ecolisão - Coordenada por Othon Cabo Winter; B) Manobras Orbitais -Coordenada por Antonio Fernando Bertachini de Almeida Prado; C) CapturaGravitacional - Coordenada por Ernesto Vieira Neto; D) Ressonância eMigração Orbital - Coordenada por Tadashi Yokoyama; E) Sistemas Coorbitais- Coordenada por Ana Paula Marins Chiaradia; F) Detritos Espaciais e Anéis- Coordenada por Silvia Maria Giuliatti Winter.Cada uma das seis partes do projeto será desenvolvida por pelo menos trêsdos pesquisadores principais, além de colaboradores (pesquisadores eestudantes). As partes serão todas desenvolvidas simultaneamente,existindo conexões diretas entre elas. Em especial, os estudosdesenvolvidos na parte dos Fundamentos (A) serão aplicados em todas asoutras cinco partes e receberão “inputs” destas outras partes aolongo dos seus desenvolvimentos. Por exemplo, a esfera de influência (A) éuma questão básica nos diversos estudos de manobras e de capturagravitacional (de corpos artificiais ou naturais). Os estudos de ManobrasOrbitais estarão envolvendo os trabalhos da parte (B) com resultados eaplicações às partes (C), (E) e (F). Outro tópico que se interrrelacionanas partes do projeto é o estudo de Ressonâncias (D), que terá implicaçõesdiretas nas partes (C), (E) e (F). Além de outras conexões entre tópicosespecíficos de cada parte do projeto. Os responsáveis acima listadoscoordenarão as atividades da referida parte do projeto, enquanto que oprojeto como um todo será coordenado por Rodolpho Vilhena de Moraes.