Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos citogenéticos e moleculares em roedores da Tribo Oryzomyini (Cricetidae, Sigmodontinae)

Processo: 10/11306-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Maria José de Jesus Silva
Beneficiário:Keila Aparecida de Almeida
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/04557-3 - Estudos citogenéticos e moleculares em pequenos roedores neotropicais, AP.JP
Assunto(s):Roedores   Filogenia molecular

Resumo

O Brasil ocupa uma posição de destaque na região Neotropical por abrigar o maior número de espécies, particularmente de mamíferos. Entretanto, pouco ainda se conhece desta diversidade, uma vez que não há dados precisos sobre delimitação, quantidade e distribuição de espécies, gêneros e categorias taxonômicas mais elevadas, bem como registros sobre preferências por habitats, padrões reprodutivos, relações de parentesco ou história evolutiva dos grupos. Na ordem Rodentia, entre os roedores sul-americanos da família Cricetidae, subfamília Sigmodontinae, existem vários exemplos que corrobaram essa situação. A tribo Oryzomyini, por exemplo, representa um grupo extremamente complexo, cujo número de espécies e as relações de parentesco ainda são muito discutíveis; várias espécies novas têm sido detectadas, sendo o cariótipo e os dados moleculares fundamentais para a identificação de diferentes entidades taxonômicas; esses casos podem ser claramente observados em vários gêneros em decorrência da associação de estudos moleculares e morfológicos. De modo geral, as relações de parentesco têm sido melhor compreendidas nos diferentes grupos com a integração das várias áreas do conhecimento (citogenética, biologia molecular, biogeografia, sistemática, etc). Os roedores da tribo Oryzomyini serão o principal foco da bolsista.