Busca avançada
Ano de início
Entree

Isolamento dos constituintes ativos de Coriandrum sativum L. biomonitorado através da avaliação da atividade antitumoral in vitro e in vivo

Processo: 09/07654-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacognosia
Pesquisador responsável:Vera Lúcia Garcia
Beneficiário:Leopoldo Ferronatto
Instituição-sede: Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Paulínia , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/00710-0 - Isolamento e identificação dos constituintes ativos das folhas de Coriandrum sativum L. biomonitorados através da avaliação da atividade antitumoral in vitro e in vivo, AP.R
Assunto(s):Plantas medicinais   Extratos vegetais   Antineoplásicos   Modelos animais de doenças

Resumo

A importância do estudo da atividade antitumoral de plantas medicinais está relacionada com o fato de o câncer ser um dos maiores problemas de saúde pública no Brasil e no mundo. Nos Estados Unidos da América, surge aproximadamente um milhão de novos casos por ano. No Brasil, o número de casos de câncer aumenta a cada ano e no Sudeste brasileiro, os tumores malignos representam a segunda maior causa de óbitos. Neste contexto, o CPQBA/UNICAMP desde 1996 vem desenvolvendo a triagem de plantas medicinais com atividade antimicrobiana e anticâncer seguindo a mesma metodologia do National Câncer Institute (NCI-USA). Resultados preliminares obtidos com extratos hexânico e hidroalcoólico de Coriandrum sativum L. (0,25 to 250 µg/mL) revelaram potencial atividade antitumoral in vitro. Foram avaliadas nove linhagens de tumorais humanas: K562 (leucemia), MCF7 (mama), NCIADR (mama resistente à múltiplas drogas), NCI460 (pulmão), UACC62 (melanoma), PCO3 (próstata), HT29 (cólon), OVCAR (ovário) e 786-0 (rim) e os resultados foram específicos para leucemia (K562), o que nos motivou a propor um projeto de pesquisa multidisciplinar, envolvendo as áreas de química e farmacologia, com objetivo de monitorar o isolamento dos compostos ativos através dos resultados de atividade antitumoral. Serão avaliadas as atividades antitumorais in vitro dos extratos, frações e compostos isolados e in vivo dos compostos isolados em modelo de tumor ascítico de Erlich (ETA) e em modelo utilizando camundongos imunodeficientes.