Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da mensuração radiográfica direta e por estereologia estocástica da silhueta cardíaca em cães da raça Poodle clinicamente normais e portadores de cardiopatias utilizando a tecnologia de digitalização da imagem por meio de placas de fósforo (IP)

Processo: 08/10487-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Ana Carolina Brandão de Campos Fonseca Pinto
Beneficiário:Carina Outi Baroni
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/03650-8 - Estudo da mensuração radiográfica direta e por estereologia estocástica da silhueta cardíaca em cães da raça Poodle clinicamente normais e portadores de cardiopatias utilizando a tecnologia de digitalização da imagem por meio de placas de fósforo (IP), AP.R
Assunto(s):Estereologia   Radiografia   Diagnóstico por imagem

Resumo

2 Plano de trabalho2.1 Seleção de animaisDos animais da espécie canina encaminhados ao serviço de Cardiologia da Faculdade deMedicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo por apresentarem manifestações clínicas compatíveis com insuficiência cardíaca e/ou sopro à auscultação serão selecionados aqueles da raça Poodle, de ambos os sexos, adultos de idade variável, não tratados e que tiverem recebido o diagnóstico prévio de cardiopatia relacionada à insuficiência valvar crônica de mitral nos graus leve, moderado e severo. Para cada uma das classes funcionais da insuficiência de mitral serão escolhidos dez representantes. Para o grupo-controle, serão selecionados outros dez animais machos e fêmeas, com o mesmo perfil racial e etário dos cardiopatas _ pertencentes a clientes desse Hospital Veterinário e que tenham sido considerados clinicamente normais por meio de anamnese, exame físico e exame eletrocardiográfico realizados pelo Serviço de Cardiologia desse Hospital Veterinário. O final dessa seleção está previsto para o 18°mês do plano de atividades.2.2 Realização do exame radiográficoApós a sua seleção preliminar, cada animal será direcionado ao Serviço de Diagnóstico por Imagem da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo para a realização dos exames radiográficos do tórax. Serão prestados auxílios no posicionamento dos animais sobre a mesa de exame, nos respectivos decúbitos: lateral direito, no caso de projeção láterolateral, e dorsal, no caso de projeção ventrodorsal. O término da realização desses exames radiográficos está previsto para o 18°mês do plano de atividades.2.3 Familiarização com o sistema computacionalEssa fase do plano será dedicada à familiarização com o sistema computacional para a aquisição, o armazenamento, a recuperação e, finalmente, a visualização da imagem digital.Em relação à recuperação, serão estudados os mecanismos de identificação da imagem por meio da resenha dos animais. O final dessa familiarização com o sistema computacional está previsto para o 18°mês do plano de atividades.2.4 Análise qualitativa das imagens radiográficasHaverá paticipação na análise empírica das imagens digitais, a qual será realizada pelo docenteresponsável pelo projeto. As descrições verbais, proferidas por esse profissional acerca das eventuais alterações qualitativas na imagem radiográfica do coração, serão devidamente registradas. O término da interpretação empírica das imagens digitais está previsto para o 21°mês do plano de atividades.2.5 Análise quantitativa das imagens radiográficasUtilizando os recursos computacionais disponíveis, serão realizadas, nas projeções láterolaterais,mensurações seguindo o método desenvolvido por Buchanan e Bücheler (1995). Outrossim, em ambas as projeções perpendiculares entre si, serão desenvolvidas análises para determinar a área cardíaca e a inclinação do coração. Logo, será possível estabelecer, de forma semi-automática, o cálculo do VHS, da área cardíaca e da inclinação do coração para cada um dos quarenta animais selecionados. O término da interpretação objetiva das imagens digitais está previsto para o 21°mês do plano de atividades.2.6 Estudo estatísticoPara cada um dos grupos desse estudo serão calculados as médias e os desvios-padrão. Serão analisadas as diferenças entre os limiares de normalidade obtidos nas abordagens manual e semi-automática do VHS, mediante os dados de média e desvio-padrão _ apresentados por Fonseca Pinto e Iwasaki (2004) _ em cães normais da raça Poodle. Será testada a diferença entre as amostras dos diversos grupos de animais do estudo, para as abordagens do VHS, da área cardíaca e da inclinação do coração. Os desempenhos das propostas semiautomáticas serão avaliados confrontando-se os resultados dessas abordagens com a análise subjetiva prévia do radiologista. O final da análise estatística dos resultados está previsto para o 22°mês do plano de atividades.