Busca avançada
Ano de início
Entree

Autoimunidade na criança: investigação das bases celulares e moleculares da autoimunidade de início precoce

Processo: 10/20272-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2011
Vigência (Término): 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Magda Maria Sales Carneiro-Sampaio
Beneficiário:Fernando Camargo Filho
Instituição-sede: Instituto da Criança Professor Doutor Pedro de Alcantara (ICR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/58238-4 - Autoimunidade na criança: investigação das bases moleculares e celulares da autoimunidade de início precoce, AP.TEM
Assunto(s):Síndrome de Rubinstein-Taybi   Imunodeficiências primárias   Neuroblastoma

Resumo

As etiologias e patogenias das doenças auto-imunes (DAI) e das imunodeficiêncais primárias (PID) são pouco conhecidas, o que dificulta a abordagem terapêutica destas patologias. Várias coortes de crianças e adolescentes com doenças auto-imunes órgão-específicas e sistêmicas com PID estão em seguimento no Instituto da CRiança (Hospital das Clínicas da FMUSP). A crescente aplicação na investigação das DAI e PID de ensaios de alto desempenho para estudos de expressão gênica (genômica), proteínas (proteômica) e metabólicos (metabolômica) gerou forte demanda dos repositórios de amostras biológicas humanas associadas a bancos de dados clínicos corresponentes a essas amostras. Este projeto visa o estabelecimento do primeiro banco brasileiro de informações clínico-laboratoriais e de amostras biológias DAI e PID em pacientes pediátricos. Esse banco obedecerá Às normas técnicas e éticas universalmente adotadas para reposítórios de material biológico humano. A implantaçãodeste repositório de amostras biológicas facilitará a investigação das bases moleculres e genéticas comuns À doenças auto-imunes órgão-específicas e sistêmicas, bem como das PID certamente a infra-estrutura deste banco de dados clínico laboratoriais e amostras biológicas poderá ser utilizada por futuros projeots não diretamente relacionados Às DAI e PID e que já estão em desenvolvimento no Instituto da Criança.