Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise estereológica de regiões cerebrais de indivíduos portadores de distúrbio afetivo bipolar.

Processo: 11/02666-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Beny Lafer
Beneficiário:Camila Batella Procópio
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/51482-0 - Analise estereologica postmortem das principais regioes cerebrais de individuos portadores de transtorno afetivo bipolar, AP.R

Resumo

Introdução : Em conseqüência aos avanços técnicos de imagem e neuropatologia a partir da década de 1980, ficou evidente que as doenças neuropsiquiátricas possuem uma base neuropatológica. Estudos de análise estereológica são fundamentais para avanço do conhecimento fisiopatológico desses transtornos, visto que os mesmos afetam circuitos cerebrais específicos. Esse acometimento cerebral tem sido observado no transtorno afetivo bipolar (TAB) uma das doenças psiquiátricas mais prevalentes (cerca de 4% da população) e incapacitantes. Objetivo: Análise estereológica post mortem baseada em projeto (design-based stereology) do número de neurônios, tamanho neuronal, tamanho nuclear e volume do tálamo, amígdala e córtex pré-frontal subgenual do giro do cíngulo anterior em encéfalos humanos acometidos por TAB, comparando-os com os controles. Os casos coletados seguirão protocolo estruturado, com excelente qualidade técnica e evitando-se problemas metodológicos observados em iniciativas anteriores. Materiais e Métodos: Serão coletados 40 encéfalos de indivíduos acima de 50 anos, sendo 20 de indivíduos que tiveram TAB em vida e 20 casos controles. Um hemisfério será fixado por perfusão com formalina 20% e processado para os estudos neuroestereológicos, enquanto o outro terá as regiões de interesse dissecadas e congeladas a -80 ºC para os estudos moleculares. A contagem celular de cada região de interesse (ROI) será feita por métodos estereológicos nos cortes histológicos corados por galocianina. A casuística a ser utilizada e os métodos propostos oferecem uma oportunidade ímpar de melhor compreender-se as bases etiopatogênicas do TAB.