Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação de duas intervenções para a promoção da atividade física no Sistema Único de Saúde via Estratégia de Saúde da Família

Processo: 11/06257-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2011
Vigência (Término): 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Alex Antonio Florindo
Beneficiário:José Carlos Góes da Silva
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/14119-4 - Estudo de intervenções para a promoção das atividades físicas no Sistema Único de Saúde pela Estratégia de Saúde da Família, AP.R
Assunto(s):Sistema Único de Saúde   Atividade física   Promoção da saúde

Resumo

Comparar duas intervenções para a promoção da atividade física no Sistema Único de Saúde via Estratégia de Saúde da Família. Será um estudo experimental com grupo controle. O estudo terá uma amostra de 156 pessoas usuárias do Sistema Único de Saúde e que tenham cobertura da Estratégia de Saúde da Família da região de Ermelino Matarazzo. Serão três grupos de 52 pessoas. Este cálculo de tamanho de amostra foi realizado com base em levantamento epidemiológico anterior do nível de atividade física da população adulta de Ermelino Matarazzo. Os selecionados não poderão ter obesidade, hipertensão severa, diabetes e não poderão estar praticando atividade física no lazer no momento da seleção. A primeira intervenção será realizada na EACH-USP com usuários da UBS Jardim Keralux. As pessoas irão participar de um programa baseado na prescrição de exercício físico tradicional que terá monitoramento e controle da intensidade e supervisão profissional (grupos de 10 alunos). A segunda intervenção será realizada na UBS Vila Cisper. As pessoas irão participar de um programa de educação em saúde que terá como foco capacitar as pessoas para que as mesmas sejam independentes na prática de atividade física utilizando os espaços das regiões de moradia (grupos de 15 alunos). Terá um terceiro grupo de usuários da UBS Pedro de Souza Campos que servirá como controle. Esta intervenção terá duração de 18 meses, sendo 12 meses de fase aguda e mais 6 meses de acompanhamento pós fase aguda. As avaliações serão realizadas em 4 momentos (antes do início, 6 meses após o início, 12 meses após o início e 18 meses após o início). Serão avaliados dados de atividade física, consumo alimentar, hábitos de saúde como tabagismo e consumo de álcool, qualidade de vida, estresse, uso de medicamentos, sono, variáveis da aptidão física relacionada à saúde como níveis de força, flexibilidade, capacidade cardiorrespiratória e composição corporal e variáveis metabólicas como colesterol total e fracionado e glicemia. Este aluno bolsista de nível superior, deverá ser graduado em Educação Física e irá contribuir no processo de avaliação e principalmente no monitoramento das atividades de ambas as intervenções na fase aguda das mesmas (período de 12 meses). Portanto, pretende-se realizar todo o processo de treinamento técnico no período de 12 meses.