Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantificação das regiões diferencialmente metiladas entre tecidos placentários obtidos de gestações produzidas in vivo, in vitro e por TN

Processo: 11/06758-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2011
Vigência (Término): 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Flavia Lombardi Lopes
Beneficiário:Carolina Alves Pereira Corrêa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/50381-5 - Regulação epigenética do desenvolvimento placentário em bovinos, AP.JP
Assunto(s):Clonagem   Placenta   Epigênese genética   Bovinos

Resumo

O correto desenvolvimento placentário é essencial para a manutenção da gestação em mamíferos. Um evento indispensável é o desenvolvimento do trofectoderma, que em bovinos é composto de dois tipos celulares, as células mono e binucleadas ou células gigantes (TGC), que apresentam funções vitais para a placentação em ruminantes. As células mononucleadas produzem e secretam fatores importantes na regulação do lúmen uterino, já as TGC se fundem com as células uterinas, permitindo assim as trocas entre mãe e concepto, necessárias à manutenção da vida fetal. Conseqüentemente, um desenvolvimento trofoblástico anormal é na maioria das vezes incompatível com a progressão da gestação. Desenvolvimento placentário anormal, particularmente a diferenciação anormal dos trofoblastos, é frequentemente observada em gestações geradas pela técnica de transferência nuclear de células somáticas (TN). Acredita-se atualmente que este desenvolvimento anormal em clones está relacionado a uma falha na reprogramação epigenética da célula doadora. Epigenética é a regulação da expressão gênica sem alteração na sequência do DNA. Um dos processos epigenéticos mais conhecidos é a metilação do DNA, processo este vital ao desenvolvimento embrionário. A metilação do DNA está normalmente relacionada à repressão da expressão gênica. De fato, vários genes associados ao desenvolvimento da placenta são regulados por processos epigenéticos em murinos. No entanto, sabe-se muito pouco sobre estes processos na placenta epitéliocorial bovina. O projeto propõe investigar o papel da metilação do DNA na regulação do desenvolvimento e diferenciação placentária, bem como avaliar o efeito da clonagem sobre este processo, tendo por objetivo específico: quantificar os padrões de metilação de loci do genoma importantes ao desenvolvimento placentário, entre tecidos cotiledonários e intercotiledonários, obtidos de gestações produzidas in vivo, in vitro e por TN. Palavras-chave: placenta, epigenética, bovino, clonagem

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)