Busca avançada
Ano de início
Entree

Leguminosas lenhosas no Chaco brasileiro: uma abordagem florística, fitogeográfica e genética

Processo: 10/51242-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Botânica Aplicada
Pesquisador responsável:Anete Pereira de Souza
Beneficiário:Fábio de Matos Alves
Instituição-sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Prosopis   Fitogeografia   Leguminosae   Florística   Variação genética

Resumo

O Gran Chaco é o maior bioma de mata seca sulamericano, que abrange a Argentina, Paraguai, Bolívia e uma pequena porção no Brasil (Mato Grosso do Sul). Embora as áreas chaquenhas sejam bem caracterizadas e possuam substancialmente mais estudos nos países vizinhos ao Brasil, os estudos nas áreas nacionais ainda são incipientes. Análises florísticas citam a família Leguminosa como a mais representativa para as áreas chaquenhas, além disso, apresentam padrões de diversidade e endemismo, que ressaltam a importância do seu estudo. Embora sejam pequenas as áreas de chaco no Brasil, não existem Unidades de Conservação (UCs) suficientes para garantir a variabilidade genética das espécies contidas. Assim, torna-se urgente a intensificação dos estudos nestas áreas, para subsidiar decisões de áreas prioritárias para conservação, uma vez que os remanescentes de Chaco estão sofrendo grandes pressões antrópicas. Neste contexto, o presente projeto tem por objetivo incrementar os estudos nas áreas de Chaco nacionais, abrangendo uma análise fitogeográfica de táxons lenhosos (arbóreos e arbustivos) de Leguminosae; e avaliar o impacto da redução das áreas chaquenhas na variabilidade genética de duas espécies de Leguminosas, a saber, Prosopis rubriflora e Prosopis ruscifolia por serem espécies indicadoras de fisionomia chaquenha nas áreas de Chaco sul-mato-grossense. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALVES, FABIO M.; SARTORI, ANGELA L. B.; ZUCCHI, MARIA I.; AZEVEDO-TOZZI, ANA M. G.; TAMBARUSSI, EVANDRO V.; ALVES-PEREIRA, ALESSANDRO; DE SOUZA, ANETE P. Genetic structure of two Prosopis species in Chaco areas: A lack of allelic diversity diagnosis and insights into the allelic conservation of the affected species. ECOLOGY AND EVOLUTION, v. 8, n. 13, p. 6558-6574, JUL 2018. Citações Web of Science: 2.
ALVES, FABIO M.; SARTORI, ANGELA L. B.; ZUCCHI, MARIA I.; AZEVEDO-TOZZI, ANA M. G.; TAMBARUSSI, EVANDRO V.; DE SOUZA, ANETE P. A high level of outcrossing in the vulnerable species Prosopis rubriflora in a Chaco remnant. Australian Journal of Botany, v. 66, n. 4, p. 360-368, 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.