Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de proteases por fungos filamentosos isolados do cerrado do centro-oeste brasileiro

Processo: 11/03982-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Adalberto Pessoa Junior
Beneficiário:Paula Monteiro de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fermentação   Peptídeo hidrolases   Fungos   Cerrado

Resumo

As enzimas vêm gradativamente ampliando as suas áreas de atuação na indústria, uma vez que a preocupação em preservar o meio ambiente trouxe a busca por novas tecnologias. As proteases constituem um dos mais importantes grupos de enzimas industriais e são empregadas em diversos setores, como na indústria de detergentes, indústria alimentícia, indústria farmacêutica, tratamento de couro e tratamento de resíduos industriais. Estas enzimas catalisam a reação de hidrólise das ligações peptídicas em proteínas e se encontram em todos os organismos vivos, uma vez que realizam funções metabólicas essenciais. Os microrganismos, entre as demais fontes naturais, apresentam velocidade de crescimento relativamente alta, condição que proporciona produtividade vantajosa em relação aos demais, além de produzirem proteases de aplicabilidade industrial. Dentro deste contexto, este projeto tem como finalidade avaliar a atividade proteolítica de fungos filamentosos isolados de diferentes amostras do cerrado do centro-oeste brasileiro, frente à produção de proteases de interesse industrial e/ou farmacêutico em diferentes condições de cultivo. Inicialmente, serão identificados os fungos com capacidade quanto à produção de protease. Posteriormente, será avaliada a influência de diferentes fatores físico-químicos, como fontes e concentrações de nitrogênio e carbono, pH e temperatura em cultivo em frascos agitados utilizando planejamento experimental estatístico. Nas melhores condições de cultivo serão realizados estudos em fermentador de bancada. Será estudada a influência das variáveis agitação e aeração, através da determinação do coeficiente volumétrico de transferência de massa (kLa), na produção de proteases em processo descontínuo.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUZA, PAULA MONTEIRO; WERNECK, GABRIELA; ALIAKBARIAN, BAHAR; SIQUEIRA, FELIX; FERREIRA FILHO, EDIVALDO XIMENES; PEREGO, PATRIZIA; CONVERTI, ATTILIO; MAGALHAES, PEROLA OLIVEIRA; PESSOA JUNIOR, ADALBERTO. Production, purification and characterization of an aspartic protease from Aspergillus foetidus. Food and Chemical Toxicology, v. 109, n. 2, p. 1103-1110, NOV 2017. Citações Web of Science: 17.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.