Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da genotoxicidade da terapia fotodinâmica com CLORO-ALUMÍNO-FTALOCIANINA (ALPc) e CLORO-ALUMÍNO-FTALOCIANINA lipossomal (ALPcCL) em diferentes linhagens celulares

Processo: 11/05958-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Radiologia e Fotobiologia
Pesquisador responsável:Cristina Pacheco Soares
Beneficiário:Andreza Cristina de Siqueira Silva
Instituição-sede: Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D). Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia celular   Micronúcleo   Ftalocianinas   Terapia fotodinâmica   Genotoxicidade

Resumo

A terapia fotodinâmica (TFD) é uma modalidade de tratamento de doenças neoplásicas e não neoplásicas caracterizadas pelo crescimento exagerado de células não desejadas ou anormais. A técnica requer a administração de um composto sensível à luz (fotossensibilizante), presença de oxigênio molecular e luz visível, em comprimento de onda compatível com o espectro de absorção do fármaco. Esta terapia gera espécies reativas de oxigênio que induz a inúmeras respostas celulares, incluindo a morte celular. A variação do tipo celular, do fotossensibilizante e suas condições de incubação, bem como os parâmetros utilizados para a iluminação podem alterar significantemente a reposta frente à TFD. As ftalocianinas pertencentes a uma segunda geração de fotossensibilizantes têm sido requeridas para a terapia do câncer, o interesse crescente por essa nova classe de fotossensibilizantes é justificado pelo seu alto coeficiente de absorção (630-750nm), permitindo uma maior penetração da luz em tecidos biológicos. As ftalocianinas hidrossolúveis não apresentam citotoxicidade, entretanto não são conhecidos os efeitos genotóxicos, como por exemplo, formação de micronúcleo (MN). Entre as várias alterações celulares possíveis, a formação de micronúcleos é um bom indicador de ação clastogênica sobre o material genético. Assim, a medida da freqüência de MN induzido por agentes mutagênicos tem sido amplamente usada na análise de danos citogenéticos. Micronúcleo (MN) é um núcleo adicional e separado do núcleo principal de uma célula, formado por cromossomos ou fragmento de cromossomos que não são incluídos no núcleo principal durante a mitose. Embora os mecanismos de reparo celular sejam extremamente eficientes, a sensibilidade da estrutura cromossômica permite a atuação de agentes clastogênicos e aneugênicos durante a mitose e a meiose. O objetivo do presente estudo é avaliar a genotoxicidade da TFD com cloro-alumínio-ftalocianina (AlPc) e cloro-alumínio-ftalocianina lipossomal (AlPcCl) em diferentes linhagens celulares, utilizando a técnica do micronúcleo e a caracterização de morte celular por necrose e apoptose.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE FARIA SOUZA, ROBERTA KELLY; SILVA CARVALHO, ISABEL CHAVES; DA CUNHA MENEZES COSTA, CAROLINA GENUNCIO; DA SILVA, NEWTON SOARES; PACHECO-SOARES, CRISTINA. Alteration of Surface Glycoproteins After Photodynamic Therapy. Photomedicine and Laser Surgery, v. 36, n. 8, p. 452-456, AUG 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.