Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de pares de difusão na identificação de transições de comportamento em ligas Fe-Ni

Processo: 11/06628-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Helio Goldenstein
Beneficiário:Arthur Seiji Nishikawa
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

As transformações de fase nos metais geralmente envolvem a nucleação e o crescimento denovas fases a partir de fases já existentes, simultaneamente com modificações químicas e/ouestruturais graduais nas fases pré-existentes. Por sua vez, a morfologia e distribuição de fasesresultantes influenciam de maneira drástica diversas de suas propriedades. Dessa forma, é de vital importância o conhecimento e domínio das transformações de fase para compreensão das propriedades que o material oferece. Esse projeto de pesquisa visa utilizar pares de difusão na identificação de transições morfológicas e cinéticos dos produtos da decomposição da austenita ao longo de uma amostra preparada de forma a apresentar um gradiente de composição de um elemento substitucional, como proposto por Hutchinson et al. . Os pares de difusão serão feitos a partir de chapas laminadas de 1 cm de espessura de Fe-5%Ni e Fe-10%Ni, por co-laminação a quente. As amostras,cortadas em devido tamanho, serão tratadas a 1350 °C por 48 horas para formação da região de difusão. Posteriormente, as amostras serão carbonetadas a diferentes frações de carbono e submetidas a tratamentos térmicos isotérmicos. Como haverá uma região com gradiente de composição de Ni na amostra, são esperadas transições morfológicas e de cinética da precipitação ao longo da amostra. As amostras serão caracterizadas por microscopia óptica (MO), microscopia eletrônica de varredura (MEV) e difração de elétrons retroespalhados (EBSD).