Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da inibição de síntese protéica e expressão de IFN tipo I em cultura de células infectadas por vírus Oropouche e em cultura de células expressando a proteína NSs do vírus.

Processo: 11/00573-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2011
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Luiz Tadeu Moraes Figueiredo
Beneficiário:Mirela Cristina Moreira Prates
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/50617-6 - Estudos sobre vírus emergentes incluindo arbovirus, robovirus, vírus respiratórios e de transmissão congênita, no Centro de Pesquisa em Virologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, AP.TEM
Assunto(s):Virologia   Vírus Oropouche   Apoptose   Biologia molecular   Interferon beta

Resumo

O vírus Oropouche (OROV), pertencente à família Bunyaviridae, é a segunda mais freqüente causa de arbovirose febril no Brasil, com mais de 0,5 milhão de casos documentados nos últimos 30 anos. A patogenia de infecções por OROV não é completamente conhecida, e vem sendo estudada sob vários aspectos por nosso grupo, incluindo modelos de infecção in vivo, análise da indução de apoptose, estudo da atenuação do vírus com objetivo de obter cepas vacinais, e análise do efeito antiviral da droga cloroquina na replicação viral. Estudos com outros Bunyavirus indicam que a proteína não-estrutural NSs é importante em induzir apoptose e em controlar a síntese de IFN tipo I da célula infectada. O plano de atividade aqui proposto para a bolsa de auxílio técnico faz parte de um projeto maior dentro do projeto temático, que visa entender o papel da proteína não estrutural NSs na biologia do vírus Oropouche. Este plano de atividade tem como objetivo avaliar se ocorre "shut-off" de síntese protéica em células infectadas pelo vírus Oropouche e também avaliar este fenômeno em células transformadas com um vetor contendo o gene da proteína não estrutural NSs do vírus. Ainda neste plano de atividades está prevista a análise da regulação da síntese de IFN Tipo I na célula infectada pelo vírus e também nas células com expressão de NSs heteróloga. Estas atividades são importantes para entender a biologia celular de OROV e vem a colaborar com o trabalho desenvolvido por nosso grupo.