Busca avançada
Ano de início
Entree

Dimensão fractal e anisotropia da emissão de CO2 e propriedades do solo na cultura da cana-de-açúcar

Processo: 10/20364-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Newton La Scala Júnior
Beneficiário:Alan Rodrigo Panosso
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Fractais   Variabilidade espacial

Resumo

Fractais são estruturas que se repetem em escala, presentes na natureza de uma forma ampla. Neste projeto aplicaremos os conceitos de fractais no estudo da variabilidade espacial da emissão de CO2 do solo. A partir da semivariância, serão derivados os valores de dimensão fractal ao longo da superfície do solo de forma direcionada. O intuito será identificar e caracterizar a heterogeneidade da emissão de CO2, e atributos físicos e químicos do solo, em área sobre o cultivo da cana-de-açúcar. Será instalado um gradeado amostral com 133 pontos, dispostos de maneira simétrica. Como a orientação do gradeado será instalada em uma direção conhecida com relação às linhas de plantio e de preparo do solo, espera-se caracterizar uma anisotropia definida pelas atividades de manejo e preparo do solo (± 45o do plantio) sobre a emissão de CO2 e demais propriedades estudadas, estendida às relações da emissão de CO2 com tais propriedades. Inicialmente a variabilidade dos dados será analisada por meio da estatística descritiva. A análise geoestatística será realizada a partir do cálculo da semivariância em função da distância de separação (semivariograma experimental). A estimativa dos valores das propriedades em locais não amostrados será realizada pela técnica de krigagem ordinária. A estrutura multivariada do conjunto original dos dados será avaliada pela análise de componentes principais. A dimensão fractal será derivada a partir dos semivariogramas experimentais, de todas as propriedades do solo, em diferentes direções e escalas. Espera-se que a dimensão fractal seja característica do ambiente agrícola, pois atividades relacionadas ao manejo do solo definem tais padrões de variabilidade da emissão de CO2 do solo e a sua relação com as propriedades químicas e físicas do solo.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BARRIOS, MARIANA DOS REIS; MARQUES JUNIOR, JOSE; PANOSSO, ALAN RODRIGO; SIQUEIRA, DIEGO SILVA; LA SCALA JUNIOR, NEWTON. MAGNETIC SUSCEPTIBILITY TO IDENTIFY LANDSCAPE SEGMENTS ON A DETAILED SCALE IN THE REGION OF JABOTICABAL, SAO PAULO, BRAZIL. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 36, n. 4, p. 1073-1082, JUL-AUG 2012. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.