Busca avançada
Ano de início
Entree

O Quaternário na Bacia do Rio Pardo (mg e SP): evidências paleoambientais preservadas em solos de várzeas e terraços

Processo: 11/00261-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2011
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Francisco Sergio Bernardes Ladeira
Beneficiário:Andre Luiz de Souza Celarino
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/04094-7 - Influência neotectônica na pedogênese da planície aluvial da bacia do Rio Pardo (MG e SP): parâmetros geomorfométricos associados à análise de pedofácies, BE.EP.DR

Resumo

Os solos posicionados em várzeas e terraços fluviais são ferramentas importantes para se entender climas passados e as condições geológicas e geomorfológicas em que uma determinada região se desenvolveu. No caso do Brasil, o período pleistocênico-holocênico somente mais recentemente vem sendo estudado de forma sistemática com auxílio de técnicas de datação. No caso da bacia do rio Pardo, que abrange parte do estado de Minas Gerais e parte nordeste do estado de São Paulo, estes dados são quase inexistentes, logo, objetiva-se através deste projeto realizar um levantamento de dados sobre a pedogênese em terraços como datações por LOE e 14C, isótopos de carbono (vegetação de ciclo C3 e C4), análises químicas de rotina e total, análise granulométrica e micromorfologia em vários trechos da bacia para que se possa propor uma reconstituição paleogeográfica da área. Esses dados contribuirão para fomentar discussões acerca das oscilações climáticas do Quaternário. Além disso, os dados poderão ser correlacionados aos obtidos na dissertação de mestrado do mesmo aluno (processo Fapesp nº 2008/57007-9), com o objetivo de avaliar se os fenômenos podem ser espacializados para duas bacias hidrográficas tão importantes como as dos rios Mogi Guaçu e Pardo.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CELARINO, Andre Luiz de Souza. O quaternário tardio na bacia do Rio Pardo (MG e SP) : análises morfométricas e evidências paleoambientais preservadas em solos e sedimentos de planícies fluviais. 2015. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.