Busca avançada
Ano de início
Entree

Plasticidade do Ser Vivo e Fisiologia Dialógica. O diálogo platônico como estrutura comum entre alma e cidade

Processo: 11/07438-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2011
Vigência (Término): 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Fátima Regina Rodrigues Évora
Beneficiário:Silvio Marino
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/16877-3 - Filosofia grega clássica: Platão, Aristóteles e sua influência na Antiguidade, AP.TEM
Assunto(s):Platonismo

Resumo

Tendo por base os diálogos platônicos, o objeto de estudo será a interação entre os homens na perspectiva da troca de opiniões e, sobretudo, da alteração psíquica: o problema consiste, assim, em analisar as condições de possibilidade de uma "fisiologia dialógica" correta, que permita levar à homologia os diferentes interlocutores. O diálogo será assim indagado em um duplo nível: o individual, das opiniões expressas, e o das disposições psíquicas próprias aos interlocutores. Examinando o conceito de modificação - alteração, a pesquisa desenvolverá um paralelo, fundado na noção de "platicidade do ser vivo", entre a medicina antiga (em especial dos tratados hipocrtáticos) e o dialegesthai socrático.