Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do tratamento com inibidor da síntese de óxido nítrico sobre a expressão de Fos no encéfalo de ratos submetidos a estresse

Processo: 11/08990-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2011
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Francisco Silveira Guimaraes
Beneficiário:Mateus de Souza Terceti
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/03685-3 - Neurotransmissores típicos e atípicos em transtornos neuropsiquiátricos, AP.TEM
Assunto(s):Óxido nítrico   Encéfalo   Estresse em animal

Resumo

Resumo e Objetivos: O presente projeto está inserido dentro do Grupo 5 de subprojetos do Projeto Temático 07/03685-3, intitulado "Estudo do envolvimento de neurotransmissores atípicos na expressão de genes e proteínas hipocampais induzidas por estresse e por drogas antidepressivas", cujo objetivo geral é o de estender a investigação experimental sobre o envolvimento do NO no desenvolvimento da resposta emocional condicionada ao contexto (REC). Nesse sentido, estudos demonstram que animais knockout (KO) para a enzima nNOS (nNOS-/-) aprezentam menor REC quando expostos ao contexto em que foram previamente expostos a choques nas patas. Por outro lado, camundongos com deleção do gene da isoforma induzível (iNOS-/ -) apresentam maior ansiedade no labirinto em cruz elevado, uma característica provavelmente relacionada a um aumento compensatório da atividade da NOS basal em seu sistema nervoso central (SNC). Embora a associação entre NO e comportamentos relacionados ao estresse tenha sido bem documentada, a participação da iNOS no REC ainda não foi sido diretamente testada. Assim, o objetivo geral deste estudo será investigar a participação do NO formado a partir da iNOS na expressão e na extinção da REC. Portanto, os objetivos específicos deste estudo são determinar: (i) avaliar o efeito do tratamento com inibidor preferencial da nNOS (7-NI) e da iNOS (aminoguanidina) sobre a REC; (ii) avaliar o comportamento de animais iNOS-/- quando submetidos ao condicionamento ao contexto e ao protocolo de extinção da REC; (iii) avaliar a expressão da iNOS no cérebro de animais submetidos à REC e à extinção. METODOLOGIA A SER EMPREGADA:Animais. Serão utilizados camundongos C57BL6, oriundos do Biotério Central do Campus de Ribeirão Preto, USP, e camundongos KO para iNOS. Os animais serão mantidos aos pares, em caixas de acrílico, no Biotério do Departamento de Farmacologia da FMRP-USP, em condições ambientais controladas. Procedimentos Experimentais- Condicionamento ao Contexto: Os animais serão submetidos a uma sessão de condicionamento em uma caixa onde receberão 6 choques (3s) de 1,5 mA. As sessões de teste, quando será registrado o tempo de congelamento dos animais, serão realizadas 24, 48, 72 e 96h depois do condicionamento (CEUA 166-2007). Grupos independentes de animais receberão administração sistêmica de um inibidor da nNOS, 7-nitroindazole (7-NI, 15, 30 ou 60 mg / Kg) ou da iNOS (75, 150 mg/kg), 30 min antes da sessão de teste. A dose efetiva será administrada aos KO para avaliação REC.- Avaliação da expressão da iNOS e dos níveis de NO: os níveis de mRNA para iNOS serão avaliados através da realização de RT-PCR em tempo real em homogenato de hipocampo e córtex pré-frontal de animais KO para iNOS e seus respectivos controles (WT, wild-type). A expressão da enzima iNOS será avaliada nessas mesmas estruturas, utilizando grupos independentes de animais, através da técnica de imunofluorescência. Além disso, com o objetivo de realizar uma medida indireta dos níveis de NO (NOx), será feita a quantificação dos níveis de nitrito (NOx) em homogenatos das mesmas estruturas descritas acima, utilizando a reação de Griess. - Grupos Experimentais: 1- efeitos dos tratamentos com 7-NI ou aminoguanidina sobre o comportamento de animais submetidos ao protocolo de condicionamento e extinção da memória aversiva; 2- efeitos dos tratamentos com 7-NI ou aminoguanidina sobre o comportamento de animais WT e iNOS-/- submetidos ao protocolo de condicionamento e extinção da memória aversiva; 3- avaliação da expressão do mRNA para iNOS e dos níveis de NOx em encéfalo de animais WT e iNOS-/-; 4- avaliação da expressão da iNOS (imunofluorescência) no encéfalo de animais WT e iNOS-/-. (AU)