Busca avançada
Ano de início
Entree

Babyvamp: a relação entre público e personagem no seriado True Blood

Processo: 11/06444-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2011
Vigência (Término): 31 de maio de 2012
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação - Comunicação Visual
Pesquisador responsável:João Carlos Massarolo
Beneficiário:Leticia Ferreira de Souza
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Minissérie   Narrativa transmídia

Resumo

A narrativa transmídia é uma forma de construir um universo ficcional através de várias plataformas de mídia, utilizando o melhor que cada uma tem a oferecer (JENKINS, 2009). Entre as séries televisivas que utilizam recursos narrativos transmidiáticos, "True Blood" se destaca. Ao contrário de outros produtos contemporâneos sobre vampiros, "True Blood" não trata somente sobre o relacionamento amoroso entre um vampiro e um humano, e sim sobre as mudanças políticas, sociais e culturais que a convivência entre esses dois povos acarreta. Convivência a qual só se torna possível graças a uma bebida à base de sangue sintético criada por cientistas japoneses, a qual substitui o sangue humano na dieta dos vampiros. Na trama, além de quererem conviver com os humanos em sua sociedade, os vampiros querem também direitos civis; essa situação é o pano de fundo político da série toda. Além de ter tratamento diferente de outros produtos sobre o mesmo tema, "True Blood" também conta com um projeto transmídia, o qual inclui histórias em quadrinhos, um ARG , um videolog da personagem Jessica Hamby e mini episódios. Cada uma dessas extensões contribui para a divulgação, para a narrativa ou para a construção do universo da série. Esse projeto pretende estudar a relação existente entre o videoblog da personagem Jessica Hamby e o espectador e como essa relação contribui para a construção do universo ficcional da série.