Busca avançada
Ano de início
Entree

Transcrição dos contratos do Projeto Resgate de Documentação Histórica Barão do Rio Branco (Projeto Resgate)

Processo: 11/09899-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2011
Vigência (Término): 31 de maio de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Maximiliano Mac Menz
Beneficiário:André Filippe de Mello e Paiva
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/57731-6 - O Atlântico português: um estudo de suas dinâmicas econômicas (1770-1808), AP.JP
Assunto(s):História econômica   Comércio   Mercantilismo   Contratos

Resumo

Nas economias de Antigo Regime era usual o arrendamento de impostos e monopólios estatais a grupos mercantis privados por meio de contratos. Esta prática também se verificou nas colônias portuguesas, de maneira que os impostos e monopólios mais importantes eram arrendados no Conselho Ultramarino e, por isto, constam na documentação do projeto Resgate Barão do Rio Branco.Como diversos estudos têm demonstrado, os contratos são de grande importância para o entendimento da atuação dos grupos mercantis e das relações entre as colônias e a metrópole. Enquanto fontes, têm sido cada vez mais utilizados por pesquisadores não apenas da História Econômica, mas também por aqueles que desejam entender mais a fundo as relações de poder no interior do sistema Atlântico português. Neste sentido, pretendemos transcrever e publicar todos os contratos que constam na coleção do projeto Regate e promover a maior utilização dessas fontes na pesquisa e no ensino de História em nível de graduação. Assim, pretende-se alimentar os debates historiográficos e estimular o desenvolvimento da pesquisa em História Econômica, particularmente sobre a economia colonial.