Busca avançada
Ano de início
Entree

Carnaval: alegria dos imortais ritual, pessoa e cosmologia entre os Chiquitano no Brasil

Processo: 11/06039-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Etnologia Indígena
Pesquisador responsável:Marta Rosa Amoroso
Beneficiário:Verone Cristina da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cosmologia indígena   Amazônia Brasileira

Resumo

Este projeto tem como objetivo realizar uma etnografia do povo indígena Chiquitano, falantes da língua chiquitana, no município de Vila Bela da Santíssima Trindade, ao Sudoeste do Estado de Mato Grosso. Proponho realizar análise bibliográfica e trabalho de campo com ênfase no ritual do Curusé, nas etapas da construção da pessoa e da corporeidade. Pretende-se por esta via ter acesso às formas de socialidade daqueles que são também chamados de índios, gaúchos, estrangeiros e bolivianos, nos diferentes assentamentos no Vale do Alto Guaporé, entre o Brasil e a Bolívia, onde dividem a existência com os auto-denominados quilombolas. Para tanto, proponho compreender o sentido da instituição do patronato e do compadrio para os chiquitano, descrever as experiências relacionadas com o manejo da chacra, do gado e do extrativismo com produção de mapas dos trajetos, locais de comércio e troca de produtos. As escolhas dos Chiquitano têm me levado a pensar que haveria um uso necessário da alteridade que incidiria em sua construção sociocomológica de pessoa e socialidade, e que talvez mais importante que o grupo fosse a pessoa e mais que a terra ou o território, na concepção da política indigenista, a relação. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Verone Cristina da. Carnaval: alegria dos imortais. Ritual, pessoa e cosmologia entre os Chiquitano no Brasil. 2015. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.