Busca avançada
Ano de início
Entree

Café: compostos bioativos e capacidade desativadora de espécies reativas de oxigênio e de nitrogênio

Processo: 11/10572-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Neura Bragagnolo
Beneficiário:Lucas Magalhães Campos
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/01335-0 - Café: compostos bioativos e capacidade desativadora de espécies reativas de oxigênio e de nitrogênio, AP.R
Assunto(s):Química de alimentos   Antioxidantes   Compostos bioativos

Resumo

O café é uma das bebidas mais populares e a segunda bebida mais consumida no mundo que representa uma importante fonte de compostos bioativos. O teor destes compostos é influenciado, entre outros fatores, pela espécie de café devido às características genéticas distintas, o que torna relevante o estudo do teor de compostos bioativos bem como da capacidade antioxidante de cafés de diferentes espécies. Além disso, são escassos os trabalhos que avaliaram a ação do café frente à espécies reativas específicas (O2*-, H2O2, HO*, ROO*, 1O2, HOCl, NO* e ONOO-) através de métodos baseados em fluorescência e quimiluminescência. Portanto, a avaliação da capacidade de desativação de espécies reativas de oxigênio (ERO) e de espécies reativas de nitrogênio (ERN) das diferentes espécies de café permitirá determinar aquela com maior capacidade antioxidante e, portanto a mais promissora a ser utilizada no melhoramento genético de cafeeiros.