Busca avançada
Ano de início
Entree

Orientação encoberta da atenção em ratos

Processo: 10/52645-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Fisiológica
Pesquisador responsável:Gilberto Fernando Xavier
Beneficiário:Katia Kioko Yuahasi
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Atenção (processos psicológicos)   Orientação espacial (percepção)   Estímulos   Receptores colinérgicos

Resumo

O objetivo principal do presente trabalho é investigar o curso temporal da orientação endógena (com pistas centrais) e exógena (com pistas periféricas) da atenção, em ratos, com estímulos preditivos e não-preditivos, por meio do efeito de validade, em diferentes SOAs, e compará-lo com resultados da literatura envolvendo estudos análogos com seres humanos. Pretende-se avaliar também o impacto do treinamento prévio num determinado esquema, com estímulos preditivos e não-preditivos, sobre o desempenho quando do uso do outro esquema (não-preditivo e preditivo, respectivamente), para aquilatar se a história pregressa dos animais com os estímulos utilizados na tarefa interfere no seu desempenho em uma nova condição experimental, com probabilidades diversas, envolvendo os mesmos estímulos. Além da contribuição teórico-conceitual desses estudos para o conhecimento sobre orientação da atenção, a validação da tarefa para ratos como modelo animal para o estudo da orientação exógena e endógena da atenção, facilitaria o emprego de técnicas neurofisiológicas, envolvendo o registro da atividade eletrofisiológica, aplicação tópica de toxinas ou drogas que alteram a atividade nervosa de forma conhecida, possibilitando o emprego desse modelo animal, mais acessível que primatas não humanos, em estudos sobre as bases neurais da atenção. Nesse contexto, será analisada a neuromodulação do sistema colinérgico para avaliar as possíveis alterações ocorridas após o período de treinamento dos ratos. (AU)