Busca avançada
Ano de início
Entree

Propriedades elétricas e mecânicas de nanocompósitos de nanofibras condutoras e matrizes poliméricas termofixas

Processo: 11/03271-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Rosario Elida Suman Bretas
Beneficiário:João Paulo Ferreira Santos
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Nanocompósitos   Nanofibras   Materiais híbridos   Materiais compósitos de matriz polimérica   Eletrofiação

Resumo

Este projeto de pesquisa de mestrado apresenta como proposta a produção e a avaliação de nanocompósitos híbridos condutores de eletricidade, com relação às suas propriedades elétricas e mecânicas de curta e de longa duração, para serem aplicados em dispositivos condutivos e de dissipação eletrostática. Tais compósitos serão constituídos por nanofibras produzidas pela técnica de eletrofiação de polímeros condutores com nanotubos de carbono e com nanofibras metálicas de cobre. As estruturas compósitas serão formadas por camadas alternadas de mantas não tecidas das nanofibras híbridas eletrofiadas em matrizes poliméricas termofixas. As amostras obtidas serão avaliadas quanto à sua estrutura morfológica, propriedades viscoelásticas, comportamento mecânico de curta e de longa duração (fadiga), condutividade elétrica e dissipação eletromagnética. A caracterização mecânica e morfológica será realizada no Departamento de Engenharia de Materiais da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) através das técnicas de microscopia eletrônica de varredura (MEV), análise dinâmico-mecânica (DMTA), calorimetria diferencial de varredura (DSC) e ensaios mecânicos de tração e de fadiga. As medidas de dissipação eletromagnética e de condutividade elétrica serão realizadas na Universidade de Calgary, Canadá, nos Laboratórios do Prof. Uttandaraman Sundaraj. Estas medidas estão previstas no programa de colaboração FAPESP/CIAM, entre a UFSCar e a Universidade de Calgary. (AU)