Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da patogênese da lesão renal em cães com leishmaniose visceral.

Processo: 11/09819-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Mary Marcondes
Beneficiário:Amanda Mariano de Araújo
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Leishmania infantum   Nefropatias

Resumo

A leishmaniose visceral canina é uma enfermidade infecciosa que acomete vários órgãos, dentre eles os rins. Partindo-se da hipótese de que a maioria dos cães com leishmaniose visceral apresenta comprometimento da função renal e que a mesma pode levar a quadros de hipertensão sistêmica é que o presente estudo tem por objetivos avaliar a função renal de cães com leishmaniose visceral. Para tanto serão utilizados 40 cães com idade entre seis meses e três anos, independente do sexo e da raça, naturalmente acometidos por leishmaniose visceral. Os animais serão divididos em dois grupos, o primeiro representado por 20 animais com evidências clínicas e laboratoriais de comprometimento renal, e o segundo representado 20 por animais sem evidências clínicas e laboratoriais de comprometimento renal. Em cada animal serão realizados determinação da pressão arterial sistêmica, determinação das concentrações séricas de uréia, creatinina, exame físico-químico da urina, relação proteína/creatinina urinária e avaliação histopatológica e imunoistoquímica dos rins, na tentativa de melhor compreender a fisiopatogenia da enfermidade.