Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de uma plataforma de microarray para a detecção de robovírus e arbovírus

Processo: 11/02045-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Victor Hugo Aquino Quintana
Beneficiário:Mohd Jaseem Khan
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Arbovirus   Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos

Resumo

Brasil é um país tropical grande (8,514,215 km2) de 190,732,694 habitantes. Mais de um terço do território é constituído por florestas tropicais e outros ecossistemas naturais, os quais proporcionam condições ideais para a existência de vários robovírus (vírus transmitidos por roedores) e arbovírus (vírus transmitidos por artrópodes), os quais são mantidos em uma grande variedade de ciclos zoonóticos. Membros dos robovírus e arbovírus possuem varias características que representam problemas para a saúde pública mundial, principalmente em países tropicais. Brasil é o país onde o maior número de arbovírus foi encontrado no mundo. Robovírus e arboviruses que causam doenças em humanos pertencem principalmente a cinco famílias: Arenaviridae, Bunyaviridae, Flaviviridae, Rhabdoviridae and Togaviridae. Considerando a importância em saúde pública de alguns robovírus e arbovírus presentes no Brasil e a possível emergência de outros vírus, há um grande interesse no desenvolvimento de métodos de diagnóstico rápidos específicos para esse vírus. O rápido reconhecimento de um agente infeccioso durante as epidemias pode permitir intervenções específicas, o que reduziria a morbilidade e mortalidade. A tecnologia do microarray de DNA é uma nova ferramenta diagnóstica que permite a detecção simultânea de um número grande de agentes virais. Esta tecnologia poderá ser muito importante no Brasil para a rápida identificação de vírus responsáveis por surtos ou possíveis vírus emergentes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Teste criado na USP é capaz de diagnosticar 416 vírus de regiões tropicais 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KHAN, MOHD JASEEM; TRABUCO, AMANDA CRISTINA; ALFONSO, HELDA LIZ; FIGUEIREDO, MARIO LUIS; BATISTA, WEBER CHELI; BADRA, SORAYA JABUR; FIGUEIREDO, LUIZ TADEU; LAVRADOR, MARCO AURELIO; AQUINO, VICTOR HUGO. DNA Microarray Platform for Detection and Surveillance of Viruses Transmitted by Small Mammals and Arthropods. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 10, n. 9 SEP 2016. Citações Web of Science: 5.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
KHAN, Mohd Jaseem. Desenvolvimento de uma plataforma de microarranjo de DNA para detecção de vírus transmitidos por pequenos mamíferos e artrópodes. 2015. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.